Sociedade | 21-03-2024 12:00

Ampliação do serviço de urgência de Abrantes vai começar em breve

Ampliação do serviço de urgência de Abrantes vai começar em breve

As obras na urgência do Hospital de Abrantes devem começar em breve e a previsão Unidade Local de Saúde do Médio Tejo é que estejam concluídas até ao final do terceiro trimestre de 2025.

A Unidade Local de Saúde do Médio Tejo (ULS Médio Tejo) vai assinar, na próxima segunda-feira, 25 de Março, a consignação da obra de ampliação e requalificação do serviço de Urgência Hospitalar de Abrantes, anunciou aquela entidades que gere os hospitais públicos e centros de saúde no território do Médio Tejo.

Numa nota de imprensa, a ULS indica ainda que a obra, orçada em 3,6 milhões de euros, vai “iniciar-se de imediato” e deve estar concluída “até ao final do terceiro trimestre de 2025”. A intervenção irá abranger 1.954 metros quadrados, o que representa um aumento de mais de 700 metros quadrados relativamente à área de assistência médica atualmente existente.

Segundo a ULS Médio Tejo, o objectivo é "reorganizar o espaço existente" e “dotá-lo de melhores condições de funcionamento, através da modernização e ampliação de espaços, nomeadamente, através da criação de uma sala de pequena cirurgia e de dois quartos de isolamento”. Numa primeira fase, as obras vão decorrer na área anteriormente ocupada pela Consulta Externa da Unidade Hospitalar de Abrantes, que actualmente se encontra desactivada, não prevendo causar "quaisquer constrangimentos aos utentes".

O projecto vai permitir o "exercício de uma medicina mais segura, moderna e diferenciada pelas equipas de profissionais de saúde da ULS Médio Tejo", ficando esta unidade de saúde "dotada de meios e instalações mais modernos e que potenciem a sua atratividade e competitividade na missão atribuída ao SNS"

A cerimónia, marcada para segunda-feira, no hospital Dr. Manoel Constâncio, contará com a presença do presidente da ULS Médio Tejo, Casimiro Ramos, bem como dos autarcas dos municípios de Abrantes, Tomar e Torres Novas - Manuel Valamatos, Hugo Cristóvão e Pedro Ferreira, respectivamente.

A ULS Médio Tejo tem uma abrangência populacional de cerca de 169.274 utentes dos concelhos de Abrantes, Alcanena, Constância, Entroncamento, Ferreira do Zêzere, Mação, Sardoal, Tomar, Torres Novas e Vila Nova da Barquinha, no distrito de Santarém, e de Vila de Rei, no distrito de Castelo Branco.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo