Sociedade | 21-03-2024 11:50

Homem que espancou e violou mulher em Tomar fica em prisão preventiva

Homem que espancou e violou mulher em Tomar fica em prisão preventiva

Suspeito, que já tinha antecedentes por violência doméstica, fica a aguardar o desfecho da investigação privado da sua liberdade. Vítima permanece internada devido aos ferimentos infligidos pelo companheiro do qual se queria divorciar.

O suspeito de violar, espancar e mutilar a sua companheira de 42 anos no domingo, 17 de Março, após um passeio junto à barragem da Albufeira de Castelo de Bode, concelho de Tomar, ficou em prisão preventiva por decisão do tribunal. A vítima, cabeleireira de profissão, continua internada no Hospital São José, em Lisboa, na sequência da extrema violência a que foi sujeita depois de ter anunciado recentemente que queria o divórcio.

A medida de coacção, a mais gravosa de todas, foi tomada pelo tribunal após o arguido, de 44 anos, ter sido ouvido em primeiro interrogatório judicial na quarta-feira, 20 de Março, no Tribunal de Santarém.


Ao que foi possível apurar, o homem terá violado a mulher no carro em que ambos se deslocaram para um passeio junto à barragem. Depois, ambos regressaram à residência comum, em Paialvo, concelho de Tomar, onde o homem terá agredido e mutilado um dedo à vítima, tendo-lhe ainda rapado o cabelo e arrancado as pestanas e sobrancelhas.


Após a vítima ter conseguido pedir auxílio o suspeito acabou interceptado e detido pela Guarda Nacional Republicana que passou depois o caso para a Polícia Judiciária. Com antecedentes criminais por violência doméstica, o detido cumpre a medida de coacção no Estabelecimento Prisional de Caldas da Rainha.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo