Sociedade | 10-04-2024 15:00

Aeródromo de Santarém com nova direcção e melhorias nas instalações

Aeródromo de Santarém com nova direcção e melhorias nas instalações
O aeródromo de Santarém foi explorado desde 1995 pelo Pára Clube de Santarém mas, em 2019, o município decidiu recuperar o terreno para a sua posse, que acontece a 18 de Abril de 2023

Filipe Almeirante foi o nome escolhido pela Câmara de Santarém para assumir a direcção técnica do aeródromo da cidade, onde o município quer criar um grande centro de protecção civil com mais meios aéreos.

O aeródromo de Santarém, tutelado pelo município, tem um novo director técnico, Filipe Almeirante, que substituiu nas funções Rui Alves, cujo contrato cessou. A nomeação do novo director técnico, que é quadro dos Bombeiros Sapadores de Santarém, foi devidamente validada pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), assim como a do sub-director, que também integra a corporação de bombeiros municipal.
Essas informações foram divulgadas pelo presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, na última reunião do executivo, após questões colocadas pelo vereador do Chega, Pedro Frazão. O líder da edilidade garantiu ainda que o aeródromo, situado nas Ómnias, nos arredores da cidade, tem licenciamento provisório da ANAC, como tem sucedido ao longo dos anos.
Ricardo Gonçalves referiu ainda que nos últimos tempos têm sido efectuadas melhorias no aeródromo, para cumprir exigências da ANAC. O objectivo, segundo o autarca, é criar ali um grande centro de protecção civil e ter mais meios aéreos, sem descurar as outras vertentes, como a de recreio e de apoio à actividade agrícola. Até ao Verão deve ser feita a remodelação de parte da pista, com alcatroamento da zona mais necessitada.

Autarquia venceu braço-de-ferro com Pára Clube de Santarém
O aeródromo de Santarém esteve durante quase três décadas sob gestão do Pára Clube de Santarém. No dia 18 de Abril de 2023, na sequência de um litígio, a Câmara de Santarém tomou posse administrativa do Aeródromo Cosme Pedrógão e contou com a presença da PSP, convocada para o efeito e que garantiu a regularidade e segurança dessa diligência. Os serviços municipais efectuaram a mudança das fechaduras dos edifícios administrativos e de apoio ao espaço.
O aeródromo de Santarém foi explorado desde 1995 pelo Pára Clube de Santarém mas, em 2019, o município decidiu recuperar o terreno para a sua posse, “no estado em que se encontra”. O objectivo era colocar essa infraestrutura ao serviço do sistema de combate a incêndios rurais e o primeiro passo nesse sentido foi dado no Verão de 2022 com a instalação do helicóptero que estava baseado no entretanto desactivado heliporto de Pernes.
A autarquia exigiu a entrega do terreno do aeródromo (uma parcela de terreno com a área de 299.210 metros quadrados) no prazo de 30 dias, mas a pretensão esbarrou na resistência do Pára Clube de Santarém, que respondeu com uma providência cautelar pedindo a nulidade do despacho do presidente da câmara. Em contra-resposta, o executivo camarário, na reunião de 17 de Junho de 2019, aprovou uma resolução fundamentada invocando a necessidade de reaver o terreno. O município alegava que o aeródromo de Santarém necessitava de ser estruturado e explorado com vista à sua utilização no combate a incêndios rurais por entidade que pudesse fazê-lo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo