Sociedade | 12-04-2024 07:00

Falta de magistrados e funcionários prejudica serviço do MP em Santarém

Falta de magistrados e funcionários prejudica serviço do MP em Santarém
José Manuel Branco, procurador coordenador do Ministério Público no distrito de Santarém alerta para falta e envelhecimento dos profissionais

Qualidade do trabalho do MP na Comarca de Santarém diminuiu devido à falta de magistrados e funcionários, ao facto de muitos procuradores estarem perto da reforma e a permanente rotação de novos magistrados com pouca experiência.

A falta de recursos humanos no Ministério Público da comarca de Santarém teve no ano passado um “forte impacto negativo na produtividade” tornando inviável o “funcionamento regular” e “com qualidade”. O relatório anual da actividade da Procuradoria da República da comarca de Santarém relativo a 2023, assinado pelo procurador coordenador José Manuel Branco, refere que para garantir o normal funcionamento dos serviços judiciais seriam necessários, em permanência, 53 magistrados do Ministério Público (MP), algo que não se verifica desde Setembro de 2023.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo