Sociedade | 16-04-2024 11:43

Atleta Mariana Silva de Alverca foi uma das vítimas do acidente de mota em Alhandra

Atleta Mariana Silva de Alverca foi uma das vítimas do acidente de mota em Alhandra
LEGENDA FOTO DR – A jovem atleta de kempo Mariana Silva ia com o pai de mota quando embateu com violência num automóvel que se desviava de outro acidente

Desastre deixou a comunidade do Futebol Clube de Alverca e da escola básica do Bom Sucesso em choque. Carlos Silva e a filha, Mariana Silva – que morreu um mês antes de completar 15 anos - estiveram envolvidos num acidente com outra mota e um automóvel ligeiro em Alhandra.

As autoridades estão ainda a investigar as causas que terão estado na origem do desastre violento na manhã de domingo, 14 de Abril, que vitimou Mariana Rodrigues Silva, de 14 anos, atleta do kenpo do Futebol Clube de Alverca e o pai, Carlos Alberto Silva, de 41 anos, que seguiam ambos numa mota.

A morte da jovem atleta deixou em choque a comunidade do Futebol Clube de Alverca onde Mariana Silva era atleta e na escola que frequentava no Bom Sucesso, onde vários amigos lhe prestaram tributo e homenagem. O clube também deixou uma mensagem de condolências na sua página nas redes sociais, com os amigos e família a lembrar as “extraordinárias memórias” que Mariana deixou, lamentando o “vazio imenso” que a sua perda representa. Mariana Silva morreu precisamente um mês antes de completar 15 anos.

O aparatoso acidente aconteceu na Estrada Nacional 248-3, no entroncamento com a Estrada de São João, na zona do Casal do Álamo, em Alhandra, concelho de Vila Franca de Xira, num local que há muito está referenciado pelas autoridades policiais e pelos bombeiros como sendo perigoso e palco para acidentes.


* Notícia desenvolvida na edição semanal impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo