Sociedade | 20-04-2024 10:00

Obras nas piscinas da Chamusca suspensas mais um mês

Obras nas piscinas da Chamusca suspensas mais um mês
Piscinas da Chamusca continuam a ser um buraco sem solução à vista

Presidente da Câmara da Chamusca, Paulo Queimado, revelou que as obras nas piscinas municipais vão ficar paradas cerca de um mês para marcação de pontos técnicos antes de iniciarem nova fase.

As obras de requalificação do Complexo das Piscinas Municipais da Chamusca voltaram a parar. Paulo Queimado, presidente do município, explicou que a empreitada vai ficar suspensa durante cerca de um mês devido a “questões técnicas e de alteração dos equipamentos”. O autarca avançou que vai começar a ser construída a zona mais técnica, onde está a sala de máquinas por exemplo, e que isso implica uma especificação técnica dos equipamentos e a marcação dos pontos técnicos.
As obras de requalificação das Piscinas Municipais da Chamusca têm sido bastante criticadas pela população, que está privada daquele espaço desde 2019. Recorde-se que dois meses após terem recomeçado, já em Janeiro deste ano, as obras pararam devido ao facto da empresa construtora, a Ecoedifica, não ter recebido os cerca de 440 mil da revisão de preços da obra do novo centro de saúde, conforme explicou Paulo Queimado.
Segundo explicações do presidente no final do ano passado, os trabalhos desta fase da obra deveriam ter um prazo de execução de 400 dias (aproximadamente um ano e um mês), data que não deverá ser cumprida, tendo em conta a existência de tantos contratempos. Mesmo que os prazos sejam cumpridos o complexo vai estar encerrado ao público pelo menos durante seis anos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo