Sociedade | 10-05-2024 12:00

Sapadores florestais do Médio Tejo são fundamentais na defesa da floresta da região

Brigadas de Sapadores Florestais do Médio Tejo estão em constante formação e treino para estarem aptos quando são chamados ao serviço.

A Comunidade Intermunicipal (CIM) do Médio Tejo tem ao serviço duas brigadas operacionais de sapadores florestais que actuam na realização de várias actividades de silvicultura e defesa da floresta. Cada brigada é constituída por três equipas, que se dedicam a diversos trabalhos centrados nos concelhos do Médio Tejo. No mês de Abril, as Brigadas de Sapadores Florestais da CIM deram continuidade à gestão de combustíveis, tendo sido intervencionados, desde o início do ano, 90 hectares de silvicultura preventiva.
Em Abril deu-se inicio também à gestão do aglomerado populacional/aldeia de condómino na Aldeia de Queixoperra – Mação, que diz respeito à implementação do projecto europeu RESIST – Regions for climate change resilience through Innovation, Science and Technology, com a finalidade de aumentar a resiliência do território do Médio Tejo e a sua adaptação às alterações climáticas, promovendo uma melhor utilização do solo, a gestão florestal e a circularidade da biomassa agroflorestal.
As brigadas participaram ainda numa queimada em Caxarias - Ourém com o objectivo de realizar gestão de combustíveis no âmbito de fogo rural e da protecção contra incêndios, bem como realizar treino operacional, onde se juntaram diversas entidades do dispositivo de combate a incêndios rurais.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo