Sociedade | 11-05-2024 21:00

Comunidades imigrantes aumentam todos os anos em Alcanena

O Mercado Municipal de Alcanena tem um novo espaço, o All Come - Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), que visa constituir-se como eixo de referência para uma migração segura, supervisionada e regularizada.

O Mercado Municipal de Alcanena tem um novo espaço, o All Come - Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), que visa constituir-se como eixo de referência para uma migração segura, supervisionada e regularizada. À Lusa, o presidente do município disse que a integração das comunidades imigrantes é um desafio comunitário e Alcanena deve ser “um exemplo de município de acolhimento”. Rui Anastácio lembrou a importância das comunidades imigrantes para a economia, mas também para regenerar a população, num município que perdeu 10% da população na última década e que tem vindo a receber cada vez mais pessoas do exterior.
A vereadora do município, Marlene Carvalho, salientou que no concelho de Alcanena o número de atendimentos aumentou 40% entre 2021 e 2022 e, no primeiro trimestre de 2024, já atingiu 65% dos atendimentos realizados nos anos de 2022 e 2023. Das comunidades instaladas em Alcanena destacam-se países de origem como Brasil, Angola, Guiné-Bissau, Cabo Verde, Bangladesh, Índia, Paquistão, países de Leste, Venezuela ou Marrocos. “Alcanena sempre recebeu imigrantes. Há alguns anos foi significativa a entrada de cidadãos de países de Leste, que actualmente se encontram totalmente integrados. Hoje em dia assistimos a uma nova vaga de migração, com significativa presença das comunidades brasileira, venezuelana e indiana”, afirmou a vereadora, dando conta de que as diferentes comunidades procuram sobretudo trabalho.
No concelho, as localidades mais procuradas são Alcanena, Vila Moreira e Minde, onde também existe “maior oferta de emprego”, indicou, sem ter registo de situações de conflito ou dificuldades na integração. “O maior desafio é conseguirmos ter habitação disponível para tantos agregados que chegam ao concelho”, notou.
A inauguração do centro incluiu a realização do II Encontro das Comunidades Migrantes Residentes no Concelho de Alcanena, com uma mostra gastronómica e cultural, promovendo a integração através da cultura e das tradições.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo