Sociedade | 11-05-2024 10:00

Todos os anos há mais alunos de enfermagem a escolher a região para trabalhar

Todos os anos há mais alunos de enfermagem a escolher a região para trabalhar
Alunos da Escola Superior de Saúde de Santarém testaram os seus conhecimentos num simulacro em situação de urgência e emergência

A Escola Superior de Saúde de Santarém organizou um simulacro para avaliar competências dos seus alunos que, ao mesmo tempo, serviu de treino para elementos das várias corporações de bombeiros presentes. O professor Mário Silva explica a O MIRANTE que a área da enfermagem está de boa saúde e que cada vez mais alunos escolhem a região para fazer carreira.

A Escola Superior de Saúde de Santarém, em parceria com a Protecção Civil de Almeirim, desenvolveu no sábado, 4 de Maio, nas instalações do estabelecimento de ensino do Instituto Politécnico de Santarém, um simulacro no âmbito da formação pós-graduada em Enfermagem à Pessoa em situação de Urgência e Emergência. A iniciativa serviu para avaliar as competências dos alunos do curso, ao mesmo tempo que serviu de treino para os elementos das várias corporações de bombeiros presentes no simulacro, nomeadamente os de Santarém, Alpiarça e Almeirim.
Mário Silva, professor de enfermagem há duas décadas na Escola Superior de Saúde, é um dos rostos da instituição que tem trabalhado para tornar o curso uma referência na preparação dos alunos para se tornarem mais-valias na área da saúde em Portugal. “Na nossa escola, quer em regime de licenciatura ou pós-graduação, queremos que os alunos aprendam com a prática. Temos um período teórico, mas é fundamental os alunos realizarem um estágio clínico para aplicarem os conhecimentos. Os estudantes ao fim do primeiro ano estão nas Unidades de Cuidados Continuados e nas de saúde familiar da nossa região a fazer o primeiro estágio. No segundo ano também realizam dois estágios”, explica ao repórter de O MIRANTE que acompanhou a iniciativa durante uma manhã.
A Escola Superior de Saúde de Santarém preenche todos os anos as vagas da licenciatura em enfermagem, para além de ter muita procura nos cursos de mestrado. Em breve, a instituição espera ter também como oferta formativa o curso de Fisioterapia. “Temos uma equipa de trabalho incansável que procura captar alunos em todo o país. Vamos às escolas de norte a sul, com professores e estudantes, para divulgar o que de melhor temos. É muito importante termos uma grande proximidade com a comunidade e com as entidades”, afirma, acrescentando que esta é uma das grandes vantagens do ensino politécnico.
Mário Silva confessa o orgulho do estabelecimento de ensino garantir 100% de entrada no mercado de trabalho, mas salienta que o mais importante é o feedback que vai tendo das instituições de saúde que, refere, estão muito satisfeitas com o desempenho dos alunos recém-licenciados. “Houve uma altura em que muitos dos nossos alunos saiam para o estrangeiro à procura de melhores condições. Hoje sabemos que grande parte fica na nossa região a trabalhar, o que nos deixa muito felizes porque estamos a contribuir para a melhoria da prestação de cuidados de saúde da nossa população”, vinca.

Dezenas de elementos de corporações de bombeiros da região participaram no simulacro na Escola Superior de Saúde de Santarém

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1665
    22-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo