Sociedade | 21-05-2024 10:00

Tentativas de agressão e intimidação entre funcionários da Câmara de Alpiarça

Durante a realização de um plenário do STAL, em Quinta-feira de Ascensão, o secretário do gabinete de apoio à vereação na Câmara de Alpiarça terá intimidado e tentado agredir um dirigente da estrutura sindicalista, também ele funcionário do município. Autarquia deu início a investigação interna.

Um dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL) terá sofrido uma tentativa de agressão e intimidação por parte do secretário do gabinete de apoio aos vereadores da Câmara de Alpiarça. O caso, denunciado pela estrutura sindicalista, terá ocorrido na última Quinta-feira de Ascensão, 9 de Maio, antes de se dar início a um plenário do STAL em Alpiarça. O município emitiu um comunicado afirmando que está a proceder a investigações internas para apurar os factos.
Segundo a Direcção Regional de Santarém do STAL, o secretário do gabinete de apoio aos vereadores tentou impedir que o plenário do STAL se realizasse, alegando que a autarquia ia conceder a parte da tarde aos trabalhadores, por se celebrar a Quinta-feira de Ascensão. “Perante a recusa de alteração da data do plenário, [o secretário] tentou agredir o dirigente sindical, que não reagiu, sendo que a situação só não se tornou ainda mais grave porque um dos trabalhadores presentes colocou-se entre os dois, evitando assim que a agressão se concretizasse. Este grave e inaceitável episódio ocorreu perante um grupo de trabalhadores que estava no local, tendo o plenário desta manhã se realizado conforme o agendado, com todos os presentes a manifestarem solidariedade para com o dirigente do STAL, tendo alguns dos trabalhadores se disponibilizado para testemunhar o sucedido”, refere a direcção, que acrescenta que o comportamento intimidatório do secretário já se verificou noutras ocasiões e com vários trabalhadores. “Esta denúncia pública ganha um relevo maior quando, ainda recentemente, se assinalou o 50.º aniversário da revolução de Abril, de cujas muitas conquistas uma sobressai relativamente à defesa dos direitos dos trabalhadores: a liberdade sindical”, conclui.


Município está a apurar factos
A Câmara Municipal de Alpiarça emitiu um comunicado nos dias seguintes à denúncia onde garante “que o executivo dará imediatamente início ao respectivo processo interno de averiguações, com a audição dos trabalhadores, findo o qual se adoptarão todas as medidas que se afigurem necessárias e adequadas”. O município salienta ainda que “este executivo sempre trabalhou com proximidade com todos os trabalhadores, sem distinção, integrem ou não uma estrutura sindical, ouvindo, considerando e assegurando o respeito pelos mais elementares direitos e liberdades que lhes estão conferidos, incluindo a melhoria permanente das suas condições de trabalho”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo