Sociedade | 24-05-2024 15:00

Continua por resolver estacionamento de pesados nas bermas da EN3 em Azambuja

Continua por resolver estacionamento de pesados nas bermas da EN3 em Azambuja
Oposição em Azambuja diz que é urgente tomar medidas para evitar estacionamento de camiões nas bermas da EN3

O problema tem fácil solução mas não se resolve: há um parque de estacionamento para veículos pesados na zona da plataforma logística de Azambuja, mas os motoristas continuam a estacionar nas bermas da Estrada Nacional 3, que tem elevada taxa de sinistralidade. Presidente da Câmara de Azambuja diz que vai sensibilizar empresas perante o alerta deixado pela oposição.

O estacionamento indevido de veículos pesados nas bermas da Estrada Nacional (EN) 3, na zona da plataforma logística de Azambuja, é um problema que parece não ter solução à vista e que continua a pôr em risco peões e os peregrinos que diariamente se servem daquela via. O assunto voltou a ser abordado na última reunião do executivo da Câmara de Azambuja pelo vereador do PSD, Rui Corça, que considera necessária a tomada de “medidas sérias e rápidas” para retirar os veículos pesados das bermas daquela estrada, onde além do tráfego há elevada sinistralidade.
“Ainda há minutos, entre um lado e outro da via, estavam estacionados 15 camiões na berma”, afirmou o vereador social-democrata que lembrou o presidente do município da existência de um parque de estacionamento para camiões nas traseiras da empresa Green Logistics que “deve ser usado para esse fim”. Algo que, sublinhou, continua a não acontecer tendo em conta a “diminuta” utilização do mesmo por parte dos motoristas.
O vereador sugeriu ao município que estabeleça um contacto directo com as empresas da plataforma e as sensibilize para transmitirem aos seus motoristas, clientes ou fornecedores que as normas de utilização daquela zona implicam a deslocalização para o parque de estacionamento comum, onde devem aguardar a chamada para efectuarem as respectivas cargas e descargas. Deixou também como sugestão a colocação de painéis informativos das direcções do parque de estacionamento que deve ser “ponto de espera”.
O presidente do município, Silvino Lúcio (PS), referiu que esta é uma questão que está em cima da mesa e que será abordada no périplo que a autarquia tem andado a fazer pelas empresas numa óptica de estabelecer proximidade e as sensibilizar para determinadas situações. “Vamos tentar arranjar solução”, acrescentou sobre o caso em concreto.

Obras previstas para breve na EN3
Este troço da EN3, recorde-se, está em vias de ser intervencionado pela Infraestruturas de Portugal, numa obra de 1,7 milhões de euros que irá causar constrangimentos. Os trabalhos vão decorrer durante o dia, no troço entre Vila Nova da Rainha e Espadanal, numa extensão de cerca de 680 metros, e têm como principal objectivo o reforço da melhoria da segurança rodoviária com a reformulação da geometria do traçado existente, através da construção de duas rotundas - nos quilómetros 5,7 e 6,4 - e introdução de separador central entre as mesmas. Em 15 anos verificaram-se, só na área do concelho de Azambuja da Nacional 3.457 acidentes dos quais resultaram 30 mortos, 67 feridos graves e 533 feridos ligeiros.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo