Sociedade | 30-05-2024 18:00

Médio Tejo reduz tempo e lista de espera da especialidade de Imunoalergologia

Médio Tejo reduz tempo e lista de espera da especialidade de Imunoalergologia
Imunoalergologia no Médio Tejo com menos doentes em lista de espera. Foto ULS Médio Tejo

Chegada de nova directora ao Serviço de Imunoalergologia da Unidade Local de Saúde do Médio Tejo permitiu reduzir o tempo e o número de doentes em lista de espera para consulta em mais de 75 %.

O Serviço de Imunoalergologia da Unidade Local de Saúde do Médio Tejo (ULS Médio Tejo), que está localizado na Unidade Hospitalar de Torres Novas, registou nos últimos 11 meses um reforço da sua actividade assistencial, que permitiu reduzir o tempo e o número de doentes em lista de espera para consulta em mais de 75 %. O maior impulso da recuperação registou-se nos últimos sete meses, sob a liderança da nova directora de serviço, a médica Marta Alves, que assumiu como objectivo “limpar” a lista de espera e garantir o cumprimento dos tempos máximos garantidos de resposta do SNS a muito curto prazo. Neste período de meio ano foram realizadas perto de um milhar de consultas.
No final de Setembro do ano passado, a ULS Médio Tejo tinha em lista de espera para consulta da especialidade cerca de um milhar de utentes. A lista de espera para primeiras consultas referenciadas pelos cuidados de saúde primário, veio a atingir o seu pico máximo no final de agosto de 2023, com 512 pessoas a aguardar uma consulta desta especialidade. No final de Abril de 2024, a situação é completamente distinta: o número de doentes à espera de consulta de Imunoalergologia é cinco vezes menor, totalizando 101 utentes em lista de espera, tendo inclusive já atingido um mínimo de 66 doentes em lista de espera, em Dezembro de 2023.
“Com a brilhante liderança e entusiasmo da Dr. Marta Alves, o tempo de espera para consultas de Imunoalergologia foi reduzido em quase 80% em menos de um ano. Isto não são meros números, são pessoas; significa que mais utentes estão a receber o cuidado médico de que precisam de forma mais rápida e eficiente, impactando positivamente a sua saúde e qualidade de vida (...), afirma Casimiro Ramos, presidente do conselho de administração da ULS Médio Tejo. “Foi com imensa gratidão que aceitei o desafio de impulsionar a redução das listas de espera da especialidade. A oportunidade e a confiança depositada motivam-me ainda mais para alcançarmos resultados expressivos (...) Torna-se crucial optimizarmos ainda mais a eficiência da nossa consulta e garantirmos que todos os doentes recebem o atendimento médico necessário de forma rápida e eficiente”, vincou Marta Alves.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo