Sociedade | 03-06-2024 21:00

Duplicação da ferrovia em VFX e Alhandra é uma incógnita para o Governo esclarecer

Coligação Nova Geração, liderada pelo PSD, acredita que será revertida a decisão de duplicar a linha ferroviária em Vila Franca de Xira e Alhandra. O presidente do município, o socialista Fernando Paulo Ferreira, diz que não faz sentido e quer reunir com o ministro das Infraestruturas.

A Coligação Nova Geração (PSD/PPM/MPT) diz que o anúncio da localização do novo aeroporto no Campo de Tiro da Força Aérea, no concelho de Benavente, abre uma janela de oportunidade para a redefinição do traçado da alta velocidade entre o Carregado e a Estação do Oriente, em Lisboa, que evite a duplicação da ferrovia em Alhandra e Vila Franca de Xira. “Desta forma, e pela primeira vez nos últimos tempos, o Governo e a Infraestruturas de Portugal (IP) terão oportunidade de reavaliar e reverter a destruição proposta para as cidades de Vila Franca de Xira e Alhandra. É essa a nossa convicção e é isso que temos partilhado com os decisores”, diz a coligação.
A Nova Geração está convicta que a duplicação da linha ferroviária em Vila Franca de Xira e Alhandra pode já não avançar. A O MIRANTE, o vereador da coligação na Câmara de Vila Franca de Xira, David Pato Ferreira, diz que “caso assim não seja, a Nova Geração e eu em particular, estaremos na linha da frente junto das pessoas, seja qual for o governo”.
A O MIRANTE, o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Fernando Paulo Ferreira (PS), diz que não haverá nenhuma alteração em relação à duplicação da Linha do Norte mas sim um novo ramal de ligação ao aeroporto. “Haverá sempre dois ramais: um que serve a Linha do Norte e outro o aeroporto. Compreende-se que ninguém vindo do Porto para Lisboa vai ao aeroporto para vir para Lisboa, porque perde tempo. A informação que tenho é esta mas já solicitei uma reunião ao ministro das Infraestruturas e Habitação, Miguel Pinto Luz”, explicou Fernando Paulo Ferreira.
A coligação afiança em comunicado que o resultado de diversas conversações que foram tidas com os decisores políticos do PSD são no sentido de preservar a identidade e integridade do território, que não será rasgado pelo projecto apresentado pela Infraestruturas de Portugal e do qual o partido discordou desde o primeiro momento.
O MIRANTE questionou a IP sobre se está em cima da mesa alguma alteração ao projecto já apresentado às populações, não tendo recebido resposta até ao fecho da edição.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo