Sociedade | 03-06-2024 11:16

Trabalhadores da Cimpor suspendem greve até novas negociações

Trabalhadores da Cimpor suspendem greve até novas negociações
Trabalhadores das quatro fábricas da Cimpor em Portugal, incluindo a de Alhandra, anunciaram uma greve este mês

Evolução no processo negocial do acordo de empresa fez com que os sindicatos do sector levantassem o pré-aviso de greve que estava em cima da mesa para a Cimpor, onde se incluía a unidade fabril de Alhandra.

Os trabalhadores da Cimpor suspenderam a greve que estava marcada para esta semana, com arranque esta segunda-feira, depois de uma reunião com a empresa na quarta-feira 29 de Maio, adiantou a Federação Portuguesa dos Sindicatos da Construção, Cerâmica e Vidro (Feviccom).
Explicam os sindicatos que face à evolução favorável no processo negocial do acordo de empresa na reunião de 29 de Maio, designadamente no que dizia respeito à abertura da empresa para discutir a redução do horário semanal de trabalho para as 37,5 horas a partir de 1 de Janeiro de 2026, assim como a abordagem de outras reivindicações, nomeadamente sobre os apoios na saúde, a estrutura decidiu optar pela suspensão da greve, que começava segunda-feira dia 3 e se prolongava até 8 de Junho.
A Feviccom anunciou que vai realizar plenários de trabalhadores durante a semana para análise da situação e deliberação das medidas a tomar. Face aos compromissos assumidos pela empresa ficam para já suspensos também os pré-avisos de greve para as mesmas datas nas outras duas empresas do grupo Cimpor: a Ciarga - Argamassas Secas - que tem também uma fábrica em Alhandra - e na Cimpor Serviços.
Os trabalhadores, recorde-se, exigiam a redução do horário de trabalho para as 37 horas semanais, a garantia dos benefícios complementares na saúde para todos os trabalhadores no activo, reformados e familiares e no caso da Ciarga e da Cimpor Serviços a igualdade de tratamento para com a casa mãe, incluindo o pagamento de um 15º mês. Na greve de Abril os trabalhadores conseguiram garantir um aumento salarial a rondar os 100 euros por mês.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo