Sociedade | 10-06-2024 18:00

Cardiopneumologia é uma área em crescimento e que tem cada vez mais visibilidade

Cardiopneumologia é uma área em crescimento e que tem cada vez mais visibilidade
Iniciativa juntou vários profissionais de saúde em debate sobre patologias do foro cardiorrespiratório

A cardiopneumologia da Unidade Local de Saúde da Lezíria (ULS da Lezíria) realizou, no passado dia 24 de Maio, a sua primeira reunião, subordinada ao tema “A Cardiopneumologia no Coração do Ribatejo”.

A cardiopneumologia da Unidade Local de Saúde da Lezíria (ULS da Lezíria) realizou, no passado dia 24 de Maio, a sua primeira reunião, subordinada ao tema “A Cardiopneumologia no Coração do Ribatejo”. Dirigida aos técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica de Cardiopneumologia, o objectivo principal da iniciativa foi debater patologias do foro cardiorrespiratório, o seu tratamento e seguimento de forma integrada na unidade.
Ao intervir na cerimónia de abertura, Ana Rita Paulos, directora clínica para os cuidados de saúde hospitalares, enalteceu a realização da iniciativa, salientando o facto de esta representar “o reconhecimento não só do trabalho desenvolvido pela Cardiopneumologia da ULS da Lezíria, mas também da motivação e da energia da equipa”. João Formiga, enfermeiro director da ULS, destacou que “os TSDT de Cardiopneumologia estão entre os profissionais que mais têm acompanhado a evolução das tecnologias da saúde” e “todos os dias fazem a diferença na resposta que é dada aos utentes, cada vez mais complexa e diferenciada”. Hugo de Sousa, vogal do conselho de administração da ULS Lezíria com competências no Gabinete de Formação, salientou a disponibilidade do referido serviço para apoiar estas iniciativas.
Em representação da Associação Portuguesa de Cardiopneumologistas (APTEC), o cardiopneumologista Tiago Teixeira lembrou a importância destes eventos, que “permitem a troca de experiência e uma evolução conjunta”. Cristina Reis, coordenadora dos TSDT de Cardiopneumologia da ULS da Lezíria, salientou que a área tem cada vez mais visibilidade. “A cardiopneumologia tem tido uma crescente procura, um acelerado processo de valorização e um aumento significativo de responsabilidades, fruto do investimento que os profissionais têm feito na formação contínua como complemento da formação de base”, destacou.
O programa da reunião contemplou uma abordagem aos temas “Oxigenoterapia de deambulação”, “Enfarte do Miocárdio no Jovem”, “Insuficiência Cardíaca” e “Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono”. Realizou-se ainda uma sessão dedicada à implementação nos hospitais portugueses do programa Patient Blood Management (PBM), que visa a optimização do uso do sangue.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo