Sociedade | 10-06-2024 10:00

No concelho de Vila Franca de Xira há 55 mil sem médico de família

O executivo da Câmara de Vila Franca de Xira quer reunir com a nova Ministra da Saúde para expor problemas e saber que soluções estão a ser pensadas para a constante falta de médicos.

O executivo da Câmara de Vila Franca de Xira aprovou na última reunião uma proposta da CDU visando pedir uma reunião de urgência com a nova Ministra da Saúde. Só o vereador do Chega votou contra. Os autarcas pretendem manifestar as preocupações da comunidade face à falta de médicos de família e a forma como a Unidade Local de Saúde (ULS) Estuário do Tejo tem sido gerida e que soluções poderão estar em cima da mesa para resolver os problemas.
O vereador Nuno Libório, da CDU, apresentou a proposta alertando para a existência de 55 mil utentes no concelho actualmente sem médico de família, incluindo a falta de um médico em permanência nos centros de saúde de Alhandra e Forte da Casa. “As videoconsultas e a contratação de empresas externas de serviços são pequenos remendos para o problema. Isto compromete o acesso à rede primária de cuidados de saúde. Veja-se como exemplo que dos 7 médicos de Bom Sucesso e Arcena só existe um. Há 8 mil utentes sem médico, a que acresce os 10 mil sem resposta em Alverca. Estamos numa situação difícil”, criticou.
O pedido de reunião foi aprovado também pela coligação Nova Geração (PSD/PPM/MPT) que tem sido crítica da gestão de Carlos Andrade Costa à frente da ULS. O presidente da câmara, Fernando Paulo Ferreira (PS), voltou a avisar que é preciso melhorar as respostas à comunidade e lembra que antes da proposta da CDU já tinha pedido uma reunião à tutela da saúde. “Acho bem que a CDU agora se preocupe com a marcação destas reuniões, que não foi o que fez quando discutimos a possibilidade de irmos todos juntos ao hospital discutir estes problemas”, rematou.
O único voto contra foi do vereador do Chega, Barreira Soares, que apesar de lembrar que existem muitas queixas contra o funcionamento dos serviços considerou a proposta populista e que não ajudaria a resolver o problema.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo