Sociedade | 11-06-2024 21:00

Bom Sucesso em Alverca vai ter luz verde para passar a ser vila

Autarcas da assembleia de freguesia vão discutir a proposta de elevação da povoação a vila na próxima sessão agendada para 14 de Junho. Documento tem aprovação garantida mas a oposição diz que é apenas fogo de vista e que vários problemas ficam por resolver.

A povoação do Bom Sucesso, o maior pólo habitacional da cidade de Alverca, que tem uma delegação da junta de freguesia, um centro de saúde, uma escola básica dos segundos e terceiros ciclos e um centro cultural, vai tentar obter o estatuto de vila, à semelhança do Sobralinho.
A proposta de atribuição da categoria de vila ao Bom Sucesso vai ser discutida na assembleia de freguesia que se realiza dia 14 de Junho, às 21h00, na Escola Secundária Gago Coutinho por proposta do executivo socialista que lidera a junta de freguesia.
Ao que O MIRANTE apurou o documento terá aprovação garantida. Esta é apenas a primeira fase do processo. Após aprovação em assembleia de freguesia seguirá depois para aprovação em reunião de câmara, assembleia municipal e, por fim, para votação dos deputados no Parlamento. Só depois terá força de lei.
O presidente da junta, Cláudio Lotra, diz que é uma resposta à nova legislação que permite que determinadas povoações que cumpram diversos critérios possam obter o estatuto de vila (ver caixa). “Também tentámos tornar Arcena uma vila mas infelizmente faltam-nos 181 eleitores”, lamenta o autarca. A O MIRANTE explica que o objectivo é reconhecer o papel de desenvolvimento local que o Bom Sucesso sempre teve em Alverca. Avisa, no entanto, que não é por ter este estatuto que os problemas que hoje a população sente irão desaparecer. “Não é por ser vila que passa a haver mais meios disponíveis mas o peso administrativo é diferente”, nota.

* Notícia desenvolvida na edição semanal de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1669
    19-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo