Sociedade | 13-06-2024 11:55

Detido homem que fez arder 3,5 hectares de floresta na Chamusca

Homem de 61 anos ateou na recentemente sete fogos no concelho da Chamusca. Suspeito já estava referenciado por ser responsável por três incêndios no ano passado.

Um homem foi detido pela Polícia Judiciária por suspeita da autoria de sete crimes de incêndio que destruíram um total de 3,5 hectares de floresta nas freguesias de Carregueira e Pinheiro Grande, no concelho da Chamusca. Num comunicado divulgado, a Polícia Judiciária adianta que o homem, já referenciado pela Guarda Nacional Republicana e também por esta força de segurança em três incêndios no ano passado, na localidade de Vale da Vaca, também na Chamusca, voltou a atear um fogo no domingo e seis na segunda-feira.
O detido “ateou o fogo através de chama directa, por utilização de isqueiro, aplicado na vegetação seca, tendo provocado danos em área arborizada”. “O fogo só não atingiu maiores proporções devido à pronta intervenção dos bombeiros voluntários”, refere a PJ. O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação. A PJ destaca ainda a articulação na comunicação destas ocorrências com os mestres florestais da GNR – Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente de Torres Novas, sublinhando ser fundamental para o combate a este tipo de crime.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo