Sociedade | 15-06-2024 12:00

Três milhões para novo estacionamento na Estação da Póvoa de Santa Iria

Três milhões para novo estacionamento na Estação da Póvoa de Santa Iria
Parque de estacionamento que serve a estação de comboios da Póvoa de Santa Iria é há muito uma dor de cabeça

Executivo da Câmara de Vila Franca de Xira aprovou por unanimidade o início do procedimento para, ao fim de duas décadas de impasse, acabar com o estado degradado do parque de estacionamento que serve a estação de comboios da Póvoa de Santa Iria. Município garante que futuro parque continuará a ser gratuito.

Está dado o primeiro passo para que o parque de estacionamento junto ao interface rodo-ferroviário da Póvoa de Santa Iria seja requalificado e adaptado às necessidades da comunidade, com obras que vão rondar os três milhões de euros e terão impacto financeiro em mais do que um orçamento municipal de Vila Franca de Xira. A proposta de autorização para abertura de procedimento concursal para os trabalhos e a assumpção do compromisso plurianual do investimento necessário para a obra foi aprovado na última reunião de Câmara de Vila Franca de Xira por unanimidade.
A ideia é acabar com a actual solução provisória que se arrasta há duas décadas e que não reúne as melhores condições a quem ali estaciona os automóveis para apanhar o comboio. O actual terreno é uma dor de cabeça para os cidadãos, não oferece condições de conforto e segurança e há muito que as queixas se têm ouvido. O presidente do município, Fernando Paulo Ferreira, diz que agora que a requalificação vai avançar uma das preocupações será encontrar alternativas ao estacionamento, que diariamente ali reúne centenas de automóveis.
“Já adjudiquei a criação de um parque alternativo encostado ao actual, quando se vira à esquerda para o novo bairro Vila Rio. Um dos lotes onde se realizará a futura festa da Póvoa ficará a servir de estacionamento alternativo durante a obra do interface para as pessoas terem alternativa de estacionamento e perto da estação”, explica Fernando Paulo Ferreira.
Menos optimista com a proposta está Nuno Libório, vereador da CDU, que lembra que todo o processo ainda está numa fase embrionária e quis saber durante a discussão do ponto se o futuro parque de estacionamento será de utilização gratuita porque, lembrou, “há mais de 20 anos que se promete este parque de estacionamento”. O presidente do município, Fernando Paulo Ferreira, garantiu que enquanto for presidente o parque será de utilização gratuita e convidou todos os parceiros políticos a manterem essa intenção.
Da parte do Chega, o vereador Barreira Soares criticou a ideia socialista de “tirar obras da cartilha a meio do mandato” e defendeu que as obras devem avançar quando se começa um mandato e não quando se termina. “Estamos a perceber que está a guardar tudo para cortar as fitas nas eleições. Mas mais vale tarde que nunca”, afirmou, não deixando de notar que entre procedimentos e obra serão pelo menos mais dois anos em que os utentes “terão de usar galochas para chegar ao comboio”, evocando as cheias que o parque sofre sempre que chove em maior quantidade.

Criação de 665 lugares de estacionamento
O projecto, como O MIRANTE já tinha dado nota, contempla a reabilitação e remodelação de todo o espaço público existente junto à estação da Póvoa de Santa Iria, incluindo a criação de 665 lugares de estacionamento, incluindo 13 para mobilidade condicionada. Está prevista uma intervenção de melhoria da circulação pedonal em toda a zona e, sobretudo, no acesso à estação de comboios da Póvoa de Santa Iria. Também toda a zona envolvente vai ser requalificada, estando prevista a reorganização da zona de abrigos de passageiros de autocarros, a reformulação da sinalização vertical e horizontal, a instalação de mobiliário urbano e a criação de zonas verdes e árvores em caldeira.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo