Sociedade | 16-06-2024 19:00

Obrigado a usar chapéu de chuva na sanita em casa da câmara de VFX

Obrigado a usar chapéu de chuva na sanita em casa da câmara de VFX

Augusto Machão, que foi estivador, vive numa habitação municipal que tem infiltrações de esgoto há mais de um ano e sem solução à vista.

Sempre que Augusto Machão, de 82 anos, precisa de usar a casa de banho da casa municipal onde vive, em Povos, Vila Franca de Xira, tem de o fazer de chapéu de chuva aberto. Tudo porque desde o verão do ano passado que existe uma infiltração por reparar. É uma "situação humilhante", lamenta Augusto Machão a O MIRANTE, que diz já ter pedido ajuda ao município, mas ainda sem resposta. As infiltrações são de tal ordem que já chegaram à marquise e a um dos quartos, onde o cheiro a bolor é insuportável. "O que gostava é que reparassem isto para não ter de viver nestas condições", lamenta o morador, que garante ter todas as rendas em dia. Ex-estivador, Augusto Machão teve uma vida pautada pelo sacrifício, a começar pelo dia em que perdeu tudo o que tinha nas fatídicas cheias de 1967.

* Reportagem desenvolvida na edição impressa de O MIRANTE

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo