Sociedade | 21-06-2024 18:00

Moradora de Coruche queixa-se de ver a sua propriedade transformada numa lixeira

Moradora de Coruche queixa-se de ver a sua propriedade transformada numa lixeira
Rosa Raposo quis manter privacidade da sua imagem, mas pede solução urgente para acabar com o lixo na sua propriedade em Santo Antonino, Coruche

Rosa Raposo queixa-se do lixo que é atirado para a sua propriedade, em Santo Antonino, por pessoas que vivem em terreno municipal contíguo. Cidadã reclama soluções à câmara.

Rosa Raposo, residente na Quinta de São Martinho, em Santo Antonino, Coruche, está farta do despejo contínuo de lixo e dejectos para a sua propriedade por parte de pessoas de etnia cigana que vivem em habitações precárias num terreno municipal vizinho. “Desde 2005 começaram a invadir e sujar o meu terreno. Encontramos de tudo, nomeadamente pneus, fraldas, dejectos, chapas, embalagens e sacos de plástico espalhados pela propriedade”, lamenta.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo