Sociedade | 23-06-2024 15:00

Fachada do Teatro Sá da Bandeira em Santarém com mau aspecto

Fachada do Teatro Sá da Bandeira em Santarém com mau aspecto

Fungos e fendas cobrem grande parte da fachada da sala de espectáculos municipal, situada no centro histórico de Santarém.

A fachada do Teatro Sá da Bandeira, no centro histórico de Santarém, está a precisar de atenção por parte do município, proprietário a sala de espectáculos, alvo de profundas obras há duas décadas. As paredes apresentam fissuras e estão cobertas de fungos que dão um aspecto de desmazelo ao imóvel. Na última sessão da Assembleia Municipal de Santarém, o eleito do Chega Luís Peralta chamou a atenção para o assunto, referindo mesmo que há pedras a desprender-se da parede, o que pode colocar em causa a integridade física de quem por ali passa. “Já é tempo de resolver esse problema”, reclamou o autarca.

O presidente da Câmara de Santarém reconheceu que a fachada necessita de obras mas refutou que haja desprendimento de pedras, garantindo que a parede está segura e cintada. Ricardo Gonçalves adiantou que a questão está identificada e que está a ser feito um projecto para a intervenção, prevendo que no início do próximo ano a reparação esteja concretizada.

Há precisamente dois anos, na habitual assembleia municipal de Junho, outro eleito do Chega, David Paccetti, que entretanto renunciou ao mandato, já havia alertado para o mau estado da fachada do Teatro Sá da Bandeira. Na altura, o vereador da Cultura da Câmara de Santarém, Nuno Domingos (PS), reconheceu o problema e a incapacidade da autarquia em resolvê-lo em breve. “Não temos uma varinha mágica para a restaurar em semanas”, disse o autarca.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo