Sociedade | 30-06-2024 18:00

Investimento de 600 mil euros na requalificação do centro histórico de Cardigos

Investimento de 600 mil euros na requalificação do centro histórico de Cardigos
FOTO - Facebook Junta de Freguesia de Cardigos

Projecto de regeneração urbana em Cardigos será exclusivamente financiado pela Câmara Municipal de Mação.

A Câmara de Mação vai investir mais de 600 mil euros na requalificação de equipamentos no centro histórico da vila de Cardigos, num projecto de regeneração urbana integralmente financiado pelo município. “Estamos a falar de uma obra que terá um valor global de cerca de 600 mil euros e que, no fundo, se consubstancia na reabilitação integral da zona do centro histórico de Cardigos, da chamada Praça de Cardigos, que está num estado muito debilitado, com piso muito degradado, com infraestruturas a necessitarem de ser reabilitadas, quer em termos de saneamento, quer em termos de rede de águas, infraestruturas eléctricas e telecomunicações que têm de ser enterradas”, disse à Lusa Vasco Estrela (PSD), presidente do município de Mação.

Segundo o autarca, a empreitada, que arrancou há cerca de um mês, tem um prazo de execução previsto de um ano e conta integralmente, com financiamento municipal, não tendo a autarquia conseguido apoio de fundos comunitários para a obra. No entanto, para Vasco Estrela, faz todo o sentido este investimento. “É uma decisão que estava pensada desde o início do mandato, que demorou mais tempo do que do que era expectável, mas que, agora que a obra já se iniciou, espero que sejam cumpridos os prazos para que daqui a oito ou nove meses, possamos ter a obra concluída, apesar do prazo ser um ano”, afirmou.

O presidente do município de Mação salientou ainda que “Cardigos é provavelmente, com excepção da sede do concelho, a freguesia com mais dinâmica, industrial, económica e social”, com duas fábricas de velas, a fábrica de presuntos, três instituições de solidariedade social, escola e agência bancária. “Uma dinâmica que tem sabido manter ao longo dos anos, apesar do despovoamento que é transversal” a todo o concelho e à região onde se insere, acrescentou.

Questionado sobre outros investimentos de requalificação urbana, o autarca destacou dois projectos em Mação, que têm apoio comunitário. Um diz respeito à reabilitação do centro histórico da vila de Mação, esperando o município avançar ainda este ano com a intervenção. Por outro lado, o município deverá ainda, “a breve prazo, avançar com os procedimentos para o concurso de reabilitação da Avenida Sá Carneiro, em Mação, junto ao agrupamento de escolas, que também está com o piso danificado, a par do espaço urbano, também ele a necessitar de alguma intervenção", acrescentou o autarca.

De referir que esta intervenção tem como objectivo a criação de mais gabinetes para a instalação de novas empresas. Deste modo com a ampliação o CIES, passa a contar no Piso 0 com a recepção, átrio, sala de formação, gabinetes e instalações sanitárias, enquanto que o Piso 1 conta com um auditório, gabinetes e zonas de arquivo.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo