Sociedade | 01-07-2024 10:00

Risco para peregrinos no trajecto entre Azinhaga e Golegã

Risco para peregrinos no trajecto entre Azinhaga e Golegã

Alguns agricultores mostraram-se disponíveis para que os peregrinos dos Caminhos de Santiago possam caminhar pelos seus campos da Azinhaga até à Golegã.

Os peregrinos dos Caminhos de Santiago que façam o trajecto entre a Azinhaga e a Golegã, pela Estrada Nacional 365, correm o risco de ser atropelados. Nesse sentido, o município revelou a disponibilidade de alguns agricultores para que o percurso possa ser feito por caminhos agrícolas e assim diminuir a possibilidade de acidentes. O alerta para a perigosidade do trajecto foi deixado pelo eleito Diamantino Vieira (PS) na última assembleia municipal.
O vice-presidente da câmara, Diogo Rosa, referiu que os Caminhos de Santiago são “um movimento importante do ponto de vista da actividade turística do concelho da Golegã”, uma vez que a Golegã é um ponto final de etapa, um ponto de dormir. Diogo Rosa explicou ainda que o município vai tentar que o troço seja incluído na oferta “Walking e Cycling”, da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, de forma a obter fundos para sinalética que alerte os condutores.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo