Sociedade | 02-07-2024 15:00

Sardoal e Abrantes não integram primeira fase do projecto de bicicletas eléctricas do Médio tejo

Presidente da Câmara de Sardoal explica que dúvidas sobre o relevo do concelho para a execução do projecto estiveram na base da decisão.

Na última assembleia municipal de Sardoal, o deputado Rui Valente questionou o executivo sobre a ausência do município no projecto de bicicletas eléctricas meioB, da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. O presidente Miguel Borges explica que, assim como Abrantes, o Sardoal ficou de fora da primeira fase do programa devido a algumas dúvidas que, enquanto não fossem esclarecidas na prática, não permitiam a adesão do município ao programa.
Segundo Miguel Borges, a assimetria de relevo do concelho, com várias subidas e descidas de terreno, poderia ser um problema para a duração e durabilidade das baterias das bicicletas. “Quisemos esperar nesta primeira fase para ver como corria e pretendemos entrar no programa numa fase mais avançada em que o programa esteja mais consolidado” explica.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo