Sociedade | 07-07-2024 11:08

Mordomo da Festa dos Tabuleiros obrigado a cancelar Saída de Coroas devido a polémicas

Mordomo da Festa dos Tabuleiros obrigado a cancelar Saída de Coroas devido a polémicas

Saída de Coroas estava marcada para 7 de Julho mas foi cancelada devido a várias polémicas. Parte da população de Tomar e ex-mordomos mostraram-se contra a iniciativa. Mário Formiga, mordomo da última edição da Festa dos Tabuleiros, explica a O MIRANTE os contornos da decisão.

A Comissão Central da Festa dos Tabuleiros decidiu organizar, pela primeira vez, uma Saída de Coroas num ano em que não há festa. Parte da população, assim como alguns ex-mordomos, entidades e deputados municipais, recusaram-se a participar na iniciativa que estava marcada para o dia 7 de Julho. A Saída de Coroas acabou por ser cancelada.
Em conversa com O MIRANTE, Mário Formiga, mordomo da última edição da festa, explica que a ideia de realizar uma Saída de Coroas fora do ano da iniciativa, é uma ideia antiga. Segundo o mordomo, os elementos da Comissão e os tomarenses sempre mostraram interesse em que existisse alguma iniciativa, todos os anos, que relembrasse a festa. “Fazia-me confusão no final de cada festa as pessoas dizerem até daqui a quatro anos, não tinha muita lógica”, afirma. Mário Formiga explica que a ideia foi apresentada e aprovada por todos em Abril deste ano, numa reunião que contou com a presença de presidentes de junta, entre outros responsáveis de entidades.
Artigo desenvolvido na próxima edição impressa de O MIRANTE.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo