Sociedade | 09-07-2024 17:35

Morreu a ex-procuradora-geral da República Joana Marques Vidal

Morreu a ex-procuradora-geral da República Joana Marques Vidal
FOTO ARQUIVO

A magistrada jubilada esteve em coma induzido devido a uma operação por causa de um cancro e acabou por sofrer uma septicemia.

A ex-procuradora-geral da República Joana Marques Vidal morreu na terça-feira, 9 de Julho, aos 68 anos, no Hospital de São João, no Porto, depois de ter estado várias semanas internada em coma. A magistrada esteve em coma induzido devido a uma operação por causa de um cancro e acabou por sofrer uma septicemia.
Joana Marques Vidal foi a primeira mulher a liderar a Procuradoria-Geral da República (PGR), exercendo o cargo entre 2012 e 2018 e sendo sucedida por Lucília Gago. Foi nomeada para a PGR em Outubro de 2012 pelo então Presidente da República Cavaco Silva. Nascida em Coimbra, em 1955, licenciou-se em Direito em 1978 e entrou no ano seguinte para a magistratura do Ministério Público.
Uma das últimas aparições públicas de Joana Marques Vidal na nossa região foi para participar no segundo Encontro Internacional de Solidariedade Intergeracional, que se realizou em Mação em Setembro de 2023, onde esteve também o juiz Carlos Alexandre. Joana Marques Vidal falou sobre liberdade, admitindo que “retirar ou limitar a liberdade de terceiros é um assunto extremamente complexo”. A magistrada jubilada disse ser essencial reafirmar os direitos humanos e responder às complexidades de uma maneira inclusiva. “Para reafirmar os direitos não precisamos de excluir os que são diferentes”, frisou.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1674
    24-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo