Sociedade | 10-07-2024 15:00

Alcanena vai investir um milhão de euros em projecto de investigação com a Universidade Nova

Alcanena vai investir um milhão de euros em projecto de investigação com a Universidade Nova
Assembleia Municipal de Alcanena deu luz verde ao acordo de cooperação entre o município e a Universidade Nova Medical School

Acordo de colaboração entre a Câmara Municipal de Alcanena e a Universidade Nova Medical School visa a criação de um projecto de investigação e desenvolvimento no concelho que incida nas áreas da saúde, educação, turismo e bem-estar. Município vai financiar projecto com 100 mil euros anuais durante uma década.

O acordo de colaboração entre a Câmara Municipal de Alcanena e a Universidade Nova Medical School vai custar à autarquia 100 mil euros anuais, durante 10 anos. A proposta foi aprovada por unanimidade na última assembleia municipal. O acordo visa implementar um projecto de investigação e desenvolvimento no concelho, onde o município cede o território como laboratório de investigação e a universidade disponibiliza a equipa de investigação que vai trabalhar, sobretudo, nas áreas de saúde, educação, turismo e bem-estar.
A vereadora Marlene Carvalho explica que a Universidade Nova viu em Alcanena a melhor opção territorial para desenvolver uma extensão da faculdade, nomeadamente da unidade de medicina exponencial, pela localização geográfica, pelos projectos apresentados pelo município à universidade e pela preocupação partilhada sobre a saúde. Segundo a autarca, os projectos assentam em três pilares: formação e docência, projectos de investigação e serviço à comunidade.
Segundo a vereadora, a primeira abordagem foi feita para realizar projectos de edificação saudável nos equipamentos de saúde e bem-estar, mas que se alargou também às escolas. No âmbito da saúde, existe uma proposta de digitalização para monitorizar e inovar a própria forma como a saúde é trabalhada no concelho, não só para seniores e pessoas com vulnerabilidade mas extensível a todas as faixas etárias. Quanto ao turismo e bem-estar, Marlene Carvalho acredita que a população tem olhado cada vez mais para as caminhadas e experiências de bem-estar e é nesse sentido que o projecto vai dar respostas.
O acordo estabelece que o município cede gratuitamente as instalações para o trabalho de investigação durante todo o projecto, assim como os equipamentos e materiais necessários, além do donativo anual de 100 mil euros durante 10 anos. “Todos os anos o município tem um orçamento de 20 a 30 milhões. O valor do donativo representa, sensivelmente, 0,4 por cento do orçamento anual, para um projecto que traz para Alcanena a Liga dos Campeões da inovação e do desenvolvimento”, diz o presidente da câmara, Rui Anastácio, acrescentando tratar-se da medida mais importante apresentada em assembleia municipal nos últimos 40 anos.

Oposição questiona valores envolvidos
O eleito socialista Silvestre Pereira congratulou o projecto, concordando que o município deve ser activo e diferente na procura de olhar estrategicamente para o futuro. No entanto, alerta ser fundamental envolver os munícipes e divulgar o projecto. A eleita da CDU, Carla Pereira, acredita que o projecto pode trazer evolução ao concelho, mas afirma que a universidade vai desempenhar um trabalho de consultoria por um valor elevado. “Um projecto que leva 100 mil euros ao ano para dizer as necessidades e dificuldades e as medidas a implementar, com tantos outros serviços de consultoria que existem, deixa-me com dúvidas. Todos temos identificadas as necessidades e dificuldades faltando apenas saber as soluções”, atirou a deputada.
Rui Anastácio respondeu que a universidade não vai funcionar como entidade de consultoria. “A Universidade Nova não precisa do município nem o município da universidade, surgindo o projecto como um trabalho de colaboração e que necessita de um território com características diferentes. A Universidade Nova é das faculdades de medicina mais conceituadas a nível mundial e não vem fazer consultoria, porque para isso haveriam outras opções” diz o autarca, acrescentando que todo o plano de marketing do projecto será desenvolvido pela universidade.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo