Sociedade | 10-07-2024 10:00

Médio Tejo quer continuar a implementar modelos de economia sustentável

Médio Tejo quer continuar a implementar modelos de economia sustentável

Presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo assinou um compromisso com a CCDR Centro para continuar a implementar no território procedimentos de compras públicas assentes em princípios de economia circular.

As instalações da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) receberam, a 2 de Julho, em Coimbra, a apresentação da segunda edição do Centro Green Deal, que envolveu a assinatura de uma carta de compromisso. Em 2019 foi lançada a primeira edição que contou com a participação de 12 entidades e o desenvolvimento de 28 procedimentos de compras públicas circulares, um instrumento que tem como objectivo reforçar o processo de transição para uma economia circular na região Centro.
A cerimónia contou com a presença do presidente da Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo, Manuel Jorge Valamatos, que enalteceu o processo, sublinhando o empenhamento da região nos princípios da economia circular que representa um modelo económico sustentável e que visa minimizar o desperdício e maximizar o uso eficiente dos recursos, promovendo a reutilização, reciclagem e recuperação de materiais ao longo do ciclo de vida dos produtos.
A segunda edição do projecto tem a duração de um ano, conta com 15 signatários e com o desenvolvimento das acções de capacitação e dos procedimentos de compras públicas assentes em princípios de economia circular. Vai decorrer entre Setembro de 2024 e Junho de 2025.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1672
    10-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo