uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Ceia da Silva em discurso entusiasmado elogia festival do arroz carolino

Ceia da Silva em discurso entusiasmado elogia festival do arroz carolino

Edição de 01.06.2017 | Economia

“Feiras Medievais há em todo o país, Festivais de Gastronomia também há em todo o lado mas Festival do Arroz Carolino só há em Samora Correia e essa é a diferença que distingue o concelho de Benavente e permite que avance no desenvolvimento económico e turístico”. As palavras são do presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR), António Ceia da Silva, durante a inauguração da primeira edição do Festival do Arroz Carolino que decorreu em Samora Correia, concelho de Benavente.
Ceia da Silva elogiou ainda o trabalho do presidente da Câmara de Benavente, o comunista Carlos Coutinho, e da sua equipa porque, disse, foi dos poucos que acreditaram que o sector do Turismo é vital para a dinâmica económica desta região e que apresentaram, recentemente, um Plano de Desenvolvimento Turístico para a Lezíria e para o concelho de Benavente. A terminar o seu discurso, Ceia da Silva lembrou as duas candidaturas que a região do Ribatejo tem a Património da Humanidade da UNESCO: a do Montado e a do Fandango.
Ceia da Silva contou que chegou uma hora antes ao local onde decorreu o Festival do Arroz Carolino e visitou todos os espaços verificando que este é um exemplo que dignifica o concelho e o país, estando “muito bem montado e estruturado”, sublinhou. O presidente da ERTAR aproveitou para referir que começam a aparecer investimentos “interessantes” e que há um mito criado durante muitos anos que a região do Alentejo e do Ribatejo está agora a ultrapassar. “Sempre se disse que não é possível haver alojamento nesta região porque estamos perto de Lisboa. É exactamente o contrário: Lisboa está a atingir níveis de saturação no que diz respeito ao alojamento turístico e à capacidade de recepção de mais turistas. E as zonas que vão beneficiar dessa saturação são as zonas limítrofes do Alentejo e Ribatejo e também Benavente pode beneficiar com essa situação”, reforçou.

Ceia da Silva em discurso entusiasmado elogia festival do arroz carolino

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...