uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante
Adélia  Silvério Nunes

Adélia  Silvério Nunes

Optometrista, Visão Viva- Óptica e Saúde, Lda., Alpiarça

Edição de 21.09.2017 | Agora Falo Eu

Faz a separação do lixo? Tento o mais possível fazê-lo. Hoje em dia quase todas as embalagens são recicláveis e se for feita uma separação e um reaproveitamento estaremos a evitar o uso de novos recursos. Temos de pensar no planeta e em como este está a sofrer com o que lhe fazemos diariamente.

Qual é a pior coisa que lhe podem fazer? Uma coisa que me afecta muito é maltratarem pessoas idosas ou acamadas, mesmo a nível médico. Hoje em dia pessoas com idade deixam de dar benefícios ao Estado e são um fardo para este, não obtendo a mesma atenção médica e tratamentos que uma pessoa jovem. Também não gosto de ver animais abandonados e maltratados.

Costuma comprar um jornal pelo que vê na primeira página? Por norma, e devido ao pouco tempo de que disponho, vejo apenas os jornais online e muito superficialmente.

Lembra-se da última vez que usou a bicicleta como meio de transporte? Uii! Como meio de transporte já foi há muitos anos, no tempo de escola. Já lá vão trinta e cinco anos (risos).

Sente-se livre? Sinto-me livre na maioria dos dias, existindo algumas situações que me deixam muito preocupada, por não poder fazer muito. Mas podemos fazer sempre algo, por pouco que seja, pois para alguém pode ser o suficiente, se não muito mesmo.

O que seria para si uma tragédia? É uma tragédia existirem pessoas no mundo a morrer com fome e a serem massacradas diariamente, ao mesmo tempo que tanta comida é deitada fora. E é uma tragédia haver pessoas aniquiladas só porque são de outra religião ou etnia.

Qual a sua actividade preferida? A actividade preferida é a equitação. Além de me ajudar a nível de postura, quando estou a montar não existe mais nada em que pensar naquele momento pelo que é uma boa terapia para o stress e muito benéfica para a saúde. Aconselho vivamente a equitação, tanto a pessoas já com idade como a crianças. Eu comecei na equitação com 30 anos. Deixo aqui um convite para visitarem em Alpiarça a Reserva do Cavalo do Sorraia e, quem sabe, fazerem lá o baptismo na equitação.

Escreve segundo o novo Acordo Ortográfico? Quanto ao Acordo Ortográfico não estou de acordo! Tenho algumas dificuldades e por isso, na maioria das vezes, escrevo como aprendi a escrever.

Tem a profissão que queria ter? Tenho uma profissão na área da saúde que era o meu desejo. Em criança sempre dizia que queria ser médica ou enfermeira, não sendo nem uma coisa nem outra, gosto do que faço.

Tem alguma tatuagem? Não tenho tatuagens mas penso fazer uma brevemente.

Este mundo está perdido? Este mundo está muito mal encaminhado e vamos sofrer as consequências devido a alguns senhores que andam a brincar com o planeta e com as pessoas.

Alguma vez pediu o livro de reclamações? Sim, já pedi o livro de reclamações num hospital, muito recentemente.

Durante quanto tempo é capaz de guardar um segredo? Segredo é segredo. Até o dono ou dona dele o revelar continuará segredo.

Como é um dia bem passado? Um dia bem passado é como um passeio a cavalo, ou uma ida ao mar, nem que seja só para observar e sentir o seu cheiro.

Alguma vez sentiu orgulho em ser cidadão europeia? Sim, tenho orgulho de ser portuguesa, logo tenho orgulho em ser uma cidadã europeia.

Tem alguma superstição? Não é uma superstição mas não gosto de ouvir assobiar dento de casa. Causa-me arrepios.

O que é bom é para se ver? Sim, o que é bom é para se ver. No entanto existem coisas que só alguns olhos o poderão fazer por diversas razões, nomeadamente por estar fora do alcance da maioria das pessoas. Refiro-me a determinados sítios lindos que nunca poderemos ir ver pessoalmente.

Alguma vez assistiu a uma tourada ao vivo? Sim, já assisti. Não vejo regularmente mas gosto das touradas.

Era capaz de dar trezentos euros por uns sapatos? Será muito difícil. Mas se encontrar uns de que fique enamorada não digo que não os compre, mesmo custando trezentos euros, embora normalmente não seja gastadora.

Conhece o refrão de alguma cantiga do Quim Barreiros? Quem não conhece um ou outro refrão de cantigas do Quim Barreiros (risos)?!!

Adélia  Silvério Nunes

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...