uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
30 anos do jornal o Mirante

A Eh Toiro da Chamusca e os vereadores que não ligam a “picuinhices” 

Edição de 17.05.2018 | O MIRANTE dos Leitores

O vereador da oposição na Câmara da Chamusca, Rui Rufino (PSD/CDS/MPT), não votou a favor da atribuição de um subsídio de cerca de seis mil euros à Associação Eh Toiro por, segundo disse, a mesma funcionar de modo irregular e deu a entender que tal significa que a associação se resume a um grupo de amigos que está na direcção, não havendo qualquer participação de outros associados uma vez que nem sequer há Assembleias Gerais. Tais observações mereceram do vereador Rui Ferreira, da maioria PS, uma declaração a destacar o espírito colaborativo da Eh Toiro e a dizer que não compete à câmara averiguar se a associação, internamente, funciona bem ou não”.
Na prática, estas associações, como a Eh Toiro, uma vez que são “colaborativas”, como disse o autarca e não são críticas, como não disse o autarca mas podia ter dito, recebem os apoios que a câmara entende dar-lhes, sem terem que funcionar. Basta terem o número de contribuinte que lhes é atribuído após a legalização. Não sei se é o caso mas se a câmara quiser, por exemplo, ter funcionários seus a trabalhar na festa e não quiser aumentar o volume de horas extraordinárias, ou se quiser recorrer a alguém de forma informal (sem recibos verdes), basta-lhe transferir o dinheiro para uma Eh Toiro ou Eh Vaca, registada por amigos, e eles tratam do assunto. É claro que tal nunca aconteceria com a insuspeita associação em causa...claro que não!!
Valdemar Nunes Navalhas Monteiro

Comentários

Mais Notícias

    A carregar...

    Capas

    Assine O MIRANTE e receba o Jornal em casa
    Clique para fazer o pedido