Cavaleiro Andante | 16-10-2020 18:00

Cresce, cresce, cidade de Santarém

Cresce, cresce, cidade de Santarém
CAVALEIRO ANDANTE

A terra onde decorreu recentemente um espectáculo de toiros que quase encheu a praça monumental Celestino Graça é a mesma onde, na passada semana, esteve Ivan Lins a tocar piano na igreja da Graça para meia dúzia de convidados.

A terra onde decorreu recentemente um espectáculo de toiros que quase encheu a praça monumental Celestino Graça é a mesma onde, na passada semana, esteve Ivan Lins a tocar piano na igreja da Graça para meia dúzia de convidados. É difícil perceber esta realidade, se não levarmos em conta os aselhas que organizam a cultura em Santarém, os que vivem da cultura como a cigarra vive de cantar; os que fazem do trabalho cultural uma espécie de contrabando. Alguém sabe quem é o senhor que dá pelo nome de João Aidos que, aparentemente, manda nisto tudo da cultura em Santarém, e que, aparentemente, tem um vírus que o torna invisível, assim como ao seu trabalho? Ele há gente que se pudesse gastava o orçamento municipal de Santarém com viagens interactivas à lua a partir da igreja da Graça, é claro, ao preço das verdadeiras viagens espaciais. Fica aqui a foto do senhor João Aidos a ilustrar este texto para mais tarde recordarmos o homem da cultura de Santarém que não precisou do vírus da Covid-19 para morrer confinado.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1479
    19-08-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1479
    19-08-2020
    Capa Vale Tejo