Cavaleiro Andante | 18-11-2022 21:00

Um chefe de gabinete vaidoso

Um chefe de gabinete vaidoso

O Cavaleiro Andante tem uma missão muito difícil que é estar em muitos lados ao mesmo tempo

O Cavaleiro Andante tem uma missão muito difícil que é estar em muitos lados ao mesmo tempo de forma a valorizar estas duas páginas com assuntos que mereçam a confiança do director do jornal. Na véspera do Dia de São Martinho, que era dia de folga para o Cavaleiro Andante, tivemos de pedir uma caneta emprestada porque a meio de um copo de água-pé contaram-nos que o chefe de gabinete do presidente da Câmara da Golegã tinha caído do cavalo. Já tínhamos o texto escrito, a dizer que o cavalo afinal era uma metáfora para o efeito do excesso de água-pé, quando soubemos finalmente o que é que fez Pedro Ramalheira Azevedo ser notícia pela primeira vez nestas páginas. O moço, que se julga cheio de virtudes, no exercício da sua função, ignorou a presença do presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves, que foi só e apenas o principal responsável pelo discurso de encerramento de uma sessão integrada na Feira Nacional do Cavalo. Como era de esperar António Camilo fez-se ouvir para vergonha do seu “chefinho”.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo