Há grandes vidas!

Há grandes vidas!

A classificação do centro histórico de Santarém arrasta-se há mais de uma década apesar do prazo máximo indicado para uma decisão da Direcção-Geral do Património Cultural (DGPC) ser de 18 meses.

Esta é a imagem perfeita de um país que anda a passo de caracol, a velocidade a que os burocratas dos gabinetes, agências, institutos, observatórios e direcções gerais de Lisboa nos habituaram há muitos anos. São eles quem de facto manda nisto e marca o ritmo, gente intocável e inescrutinável, que não se submete a sufrágio e que arrecada bons ordenados e outras mordomias. Gente de que não se conhece o rosto e que não faz a ponta de um corno. Ou melhor, fazer, talvez faça, mas muito devagarinho....

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo