Se saírem os aviões que entrem os carros!

Se saírem os aviões que entrem os carros!

Tanta conversa nos últimos anos dos partidos políticos locais sobre criar o famoso cluster aeronáutico de Alverca e afinal agora nem aviões grandes, nem pequenos, nem nada que tenha asas.

Enquanto não houver uma solução para o novo aeroporto de Lisboa a Comissão Técnica Independente que estuda a futura localização do aeroporto recomendou que o tráfego não comercial, como os voos executivos, seja encaminhado para Tires e o tráfego charter não regular para Beja. Uma recomendação que ignorou por completo a existência da base área de Alverca que é uma das mais antigas do país e que valeu à cidade ribatejana o título de cidade da aeronáutica, talvez porque por aquelas bandas a aterragem de um novo aeroporto não seja coisa muito querida. Tanta conversa nos últimos anos dos partidos políticos locais sobre criar o famoso cluster aeronáutico de Alverca e afinal agora nem aviões grandes, nem pequenos, nem nada que tenha asas. Por este andar a pista ainda vai dar lugar a corridas de automóveis....

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo