Trapalhadas à volta da legionella

Trapalhadas à volta da legionella

A população do concelho de Alcanena só teve conhecimento do caso de legionella na Escola Dr. Anastácio Gonçalves, que ocorreu no Verão, porque um munícipe foi à reunião camarária denunciar o caso.

A população do concelho de Alcanena só teve conhecimento do caso de legionella na Escola Dr. Anastácio Gonçalves, que ocorreu no Verão, porque um munícipe foi à reunião camarária denunciar o caso. O vice-presidente da Câmara de Alcanena, Alexandre Pires, que substituiu o presidente Rui Anastácio, admitiu que o município estava em incumprimento por não ter as análises actualizadas na escola onde aconteceu o caso de legionella. O autarca também garantiu ter informado a direcção do agrupamento de escolas mas a directora afirmou que a primeira comunicação que recebeu por parte do município foi a 26 de Setembro, já o ano lectivo tinha começado. É caso para dizer que quanto mais se escava mais trapalhadas aparecem....

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo