Aeroporto: a montanha pariu um rato

Aeroporto: a montanha pariu um rato

A decisão da CTI para o novo aeroporto recaiu em Alcochete como era previsível.

A decisão da CTI para o novo aeroporto recaiu em Alcochete como era previsível. Em linguagem popular "a montanha pariu um rato". Alcochete fica a 40 quilómetros de Lisboa, não tem ferrovia, nem vai ter nos próximos dois séculos. Construir um novo aeroporto do lado errado do Tejo, a 40 quilómetros de Lisboa, para depois meter os turistas dentro de uma camioneta só lembraria ao Diabo. Mas Portugal é um país de diabos, que o diga Pedro Nuno Santos, que já anunciou o novo aeroporto no Montijo, inspirado nas declarações do seu primeiro-ministro, e depois foi desautorizado, até se demitir por outra coisa que já ninguém se lembra.
Rosário Partidário e a sua equipa tiveram os seus momentos de glória. Agora está na hora de voltarem para as suas universidades que chegou o tempo dos políticos irem para uma nova refrega. O aeroporto em Santarém pelo que se ouviu só pode ser uma miragem. E em Alverca os autarcas ficam contentes se tiverem uma nova ciclovia, já que um aeroporto lhes estraga a economia e o ambiente. No fim desta novela com meio século vai ser editado um livro com o título; "Portugal é o rabo de um galo de Barcelos". O livro vai ter distribuição gratuita para todos os portugueses sócios do Benfica, do Sporting e do Porto.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1652
    21-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo