O buraco III

O buraco III

A Chamusca tinha uma piscina municipal onde nadavam velhos e novos, de Inverno e de Verão.

A Chamusca tinha uma piscina municipal onde nadavam velhos e novos, de Inverno e de Verão. Sérgio Carrinho demorou a construir a piscina municipal devido à falta de um equipamento desportivo e de lazer que faltava na Chamusca. Mas construiu e funcionou. Agora o novo executivo resolveu fazer obras e há quatro anos que a piscina ficou sem água e as instalações estão em obras. O que era uma piscina passou a ser um buraco na paisagem. O que deveria ter sido uma obra para alguns meses de Inverno tornou-se numa obra de Santa Engrácia. Os políticos e os técnicos da câmara estão de férias há quatro anos. A obra em termos técnicos e de financiamento é um pepino que qualquer equipa política e técnica da segunda divisão acabava em dois meses. Na Chamusca trabalha-se devagar, devagarinho. Quase todas as câmaras municipais se candidatam aos fundos do PRR para construção de habitação social. Na Chamusca dorme-se em serviço. E o governo do município está espelhado neste buraco. Daqui a dois anos, quando Paulo Queimado acabar o seu mísero reinado, este buraco é pequeno para sinalizar o tamanho da caca que fez pelo concelho da Chamusca enquanto foi presidente de câmara.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1653
    28-02-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo