O Buraco VII

O Buraco VII

Está a chegar o tempo quente em que apetece dar um mergulho principalmente à malta nova que vive na Chamusca e arredores.

Está a chegar o tempo quente em que apetece dar um mergulho principalmente à malta nova que vive na Chamusca e arredores. O Tejo leva uma água cor de petróleo e não é seguro que uma criança ou um adulto não saia de lá com problemas de saúde se não se limitar a apanhar sol na areia. Enquanto isso o buraco mais famoso da Chamusca, que já foi piscina municipal, continua a ser o espelho da cara do presidente da câmara, Paulo Queimado, e da sua vice e companheira Cláudia Moreira, quem sabe candidatos a uma referência no livro do Guinness por serem os políticos em exercício que mais dormem em pé, a pensarem neles próprios e naquilo que os outros pensam deles quando se sentem olhados. A Chamusca não fica na História por ter tantas igrejas (fechadas), por não ter uma política de recuperação das suas casas em ruínas, por ser a vila mais bonita entre a Charneca e a Lezíria; a Chamusca vai ficar na História dos próximos anos por ser governada por dois políticos que são duas avestruzes que não metem a cabeça na areia mas só têm areia na cabeça.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1664
    15-05-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo