Pedro Patrício e a sarna da política

Pedro Patrício e a sarna da política

Não é segredo para ninguém que os partidos da oposição em Santarém estão a tentar livrar-se do passado e das agruras do passado.

Não é segredo para ninguém que os partidos da oposição em Santarém estão a tentar livrar-se do passado e das agruras do passado. Não admira que a visibilidade de Pedro Patrício, presidente da União de Santarém e administrador do Hospital da Luz, esteja em alta e seja motivo para que os partidos vejam nele um bom candidato à gestão política do concelho. O Cavaleiro Andante foi na passada semana comer uma sardinhada num restaurante à beira Tejo e, na mesa ao lado, garantia-se, numa conversa entre políticos locais reformados, que Pedro Patrício era a escolha de dois partidos como independente às próximas eleições. A verdade viemos a descobrir depois, é que não há fumo sem fogo, mas Pedro Patrício terá declinado os convites mesmo na condição de independente. Antes das eleições ainda podemos ver o Tejo sem água ou então a inundar a Lezíria, mas a verdade é que a política é como a sarna: está desaparecida mas a qualquer altura calha ao mais desavisado dos cidadãos.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1673
    17-07-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo