Covid-19 | 11-03-2020 21:01

Quatro infectados com Coronavírus no distrito de Santarém

Quatro infectados com Coronavírus no distrito de Santarém
foto DR

Três casos são do concelho de Coruche e um de Almeirim.

A fábrica Dacsa Atlantic, em Coruche, foi o foco da infecção de sete pessoas com o Covid-19, conhecido como coronavírus. Destas, quatro são do distrito de Santarém. No concelho de Coruche são três as pessoas infectadas, um homem de 37 anos, natural e residente em Coruche, uma mulher de 40 anos e a filha desta, de 13 anos, ambas naturais e residentes na aldeia de Rebocho, concelho de Coruche. Há ainda um homem, na casa dos 50 anos, natural e residente no concelho de Almeirim. Os restantes três casos reportam-se a infectados de Coimbra, Carcavelos e Alverca. Os dados foram avançados pelo delegado de saúde de Coruche, Félix Lubelo, esta quarta-feira, numa conferência de imprensa, na Câmara Municipal de Coruche.

Segundo o delegado de saúde de Coruche existem actualmente 95 pessoas em vigilância activa, nas suas residências, na área de abrangência do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Lezíria, que abrange os concelhos de Almeirim, Alpiarça, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém.

Dois militares da GNR, destacados em Coruche, que estiveram em contacto com a mulher infectada, estão também em vigilância activa, nas suas residências, no Porto, de onde são naturais.
De recordar que tudo teve início no dia 28 de Fevereiro, com a ida de um formador do Porto à Dacsa Atlantic, que tinha regressado de Valência, Espanha, recentemente. O homem estava já infectado com o vírus Covid-19 e esteve em contacto com três funcionários da empresa. Dessas três pessoas, duas foram infectadas, um funcionário de Alverca e outro de Coimbra. Do contacto com estes dois indivíduos, surgiram um terceiro e quarto casos de contágio entre os colaboradores da fábrica. Um indivíduo de Almeirim e outro de Carcavelos. O contágio na empresa estendeu-se ainda a um quinto e um sexto casos, um homem e uma mulher e a filha desta, que foi o sétimo caso confirmado.

Apenas a parte administrativa da fábrica está em isolamento, uma vez que todos os infectados são funcionários de gabinete e apenas circularam por esta área da fábrica, segundo explicou o delegado de saúde de coruche. "Por esse motivo não houve necessidade de encerrar a fábrica na sua totalidade, estando acauteladas todas as medidas de segurança e prevenção", sublinhou.

Mais Notícias

    A carregar...