Cultura | 22-05-2020 07:00

“Qualidade dos nossos produtos agrícolas é reconhecida mundialmente”

“Qualidade dos nossos produtos agrícolas é reconhecida mundialmente”
ESPECIAL ASCENSÃO

Vasco Reis é administrador da Cadova - Cooperativa Agrícola do Vale de Arraiolos.

Este ano não há festa da Ascensão na Chamusca. Se houvesse o ritual era ver a entrada de toiros antes de almoço, conviver com clientes e amigos e ir à tourada.

A Cadova - Cooperativa Agrícola do Vale de Arraiolos, com sede na Chamusca, esteve permanentemente em actividade, quer em regime de teletrabalho, nas funções técnicas administrativas, quer no apoio técnico no campo. Não houve recurso aos apoios dados pelo Governo a empresas uma vez que a legislação não o prevê.


Os únicos constrangimentos à actividade habitual estiveram relacionados com o cumprimento das regras de segurança recomendadas, tendo a Cadova adquirido material e equipamentos necessários para protecção dos colaboradores e para ter condições para o atendimento aos associados.


A mensagem que Vasco Reis, da administração da Cadova, gostava de fazer chegar aos portugueses é a de incentivo ao consumo de produtos alimentares produzidos pela nossa agricultura.


“À semelhança de outras ocasiões, gostaria que os consumidores adquirissem bens alimentares, como hortícolas, frutas, cereais, entre outros, de origem nacional, dada a excelente qualidade, reconhecida mundialmente”, declara.


No futuro, quando a Semana da Ascensão puder voltar à rua, Vasco Reis celebrará como é seu hábito, presenciando a entrada de toiros em Quinta-Feira de Ascensão, confraternizando com alguns clientes e amigos e por fim assistindo à corrida de toiros.

Mais Notícias

    A carregar...

    Edição Semanal

    Edição nº 1457
    29-04-2020
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1457
    29-04-2020
    Capa Vale Tejo