Livros que São Vidas | 20-11-2023 10:50

Serranos, Campinos e Bairrões roteiro da obra

Serranos, Campinos e Bairrões roteiro da obra
TRADIÇÕES

Relevantes para a história da alma ribatejana, os textos de meu bisavô Francisco Serra Frazão, redigidos entre 1934 e 1947 e recentemente publicados no livro “Serranos, Campinos e Bairrões – Etnografia e Falares do Ribatejo”, constituem um rico repositório da cultura popular de sub-regiões, onde, ainda hoje, são visíveis traços identitários distintos: a Serra, o Campo (ou Lezíria, ou, ainda, Borda d´Água) e o Bairro.

São mais de 600 páginas dedicadas à vida popular em íntimo apego à terra, abordando as condições materiais, língua, crença, mito e sabedoria ancestral, na sua maioria produzidos no contexto da estimulante relação intelectual mantida entre Serra Frazão e José Leite de Vasconcelos, figura ímpar da Filologia, Etnografia e Arqueologia, sábio que soube partilhar a grande paixão da sua vida com este autor ribatejano: descrever e preservar a cultura tradicional do povo português, antes que se desvanecessem as suas formas antigas.

Um mundo desaparecido e inacessível para a geração atual, todavia essencial aos interessados em conhecer melhor a nossa vida coletiva, entender o espaço rural em reinvenção e posicionar-se perante os fenómenos de desterritorialização do tempo presente.

Correspondendo ao desafio de O MIRANTE, é com prazer que inicio a publicação de um conjunto de artigos reportados ao livro, visando alavancar a divulgação do essencial dos respetivos conteúdos e biografia do seu autor, que aqui se revela um fino observador da realidade ribatejana da primeira metade do séc. XX.

Ao jeito de roteiro, aqui transcreverei alguns textos da obra, enquadrados pelas seguintes categorias de temas, segundo uma grelha de leitura muito própria: Obra: Locais e Ambientes, Personagens que Povoam os Textos, Maneiras de Dizer, Vocábulos Antigos, Etnografia e Tradições Populares e Literatura Gastronómica.

Homem: Contexto da Obra, Rotas do Autor, Pensamento, A Causa da Língua Portuguesa e Olhares de um Serrano

Francisco Santos Serra Frazão, n. Serra de Santo António em 1881, f. Lisboa 1948. Viveu em várias localidades da Serra, do Bairro e da Lezíria ribatejana (Alcaria, Porto de Mós, Alcanede, Fráguas, Samora Correia, Rio Maior), além-mar nos Açores e Angola, mais tarde em Santarém e Lisboa. Professor, jornalista, publicista, administrador colonial, solicitador, autarca, empresário e investigador. Foi um fino observador da realidade e um cultivador das letras ao longo de toda a vida, tendo escrito intensamente na imprensa e produzido vasta obra literária, particularmente sobre temas sociais, monografia regional, etnografia e filologia, da qual só uma parte foi publicada.


Luís Duarte Melo, 19 de novembro de 2023

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1668
    12-06-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo