O MIRANTE | 25-11-2022 18:00

Cultura de trabalho positivo faz da Salm Portugal uma empresa líder de mercado na Europa

Cultura de trabalho positivo faz da Salm Portugal uma empresa líder de mercado na Europa
GALARDÃO EMPRESA DO ANO
Robert Vijftigschild (terceiro da linha de cima a contar da esquerda) com parte da equipa de colaboradores da Salm Portugal

Todos os anos a Salm Portugal produz milhões de plantas que envia para a Holanda e que são distribuídas por toda a Europa.

Lavanda é o principal produto exportado pela empresa sedeada em Marinhais, no concelho de Salvaterra de Magos, que ainda produz pinheiros mansos, ilex e deco fruit. Em 2021 as suas receitas ultrapassaram os 12 milhões de euros.

Celebrar o casamento entre o trabalho das pessoas e da natureza é uma das missões da Salm Portugal. Uma empresa líder de mercado na Europa que todos os anos envia para a Holanda, onde está a casa-mãe da empresa, milhares de camiões carregados com produtos vegetais produzidos em mais de 70 hectares de terrenos em Marinhais, onde tem a sede em Portugal, Muge, Benfica do Ribatejo, Azeitada e Foros de Benfica.
A principal característica da empresa é definida pelo seu fundador Paul van der Salm como uma empresa de alta performance. O empresário começou a trabalhar no sector com o irmão em 1988, com uma pequena estufa de flores na zona de Boskoop, Holanda. Em 2000 compraram um terreno onde é hoje a sede da Salm e nunca mais pararam de crescer. A Salm Portugal chegou a Portugal em 2001 com a ideia de aproveitar o clima como mais-valia produtiva.
Mais de 99% da produção é exportada, sendo que o principal é a lavanda, cerca de 15 milhões de vasos por ano, e os restantes o pinheiro manso, ilex e deco fruit (mini frutos e mini abóboras). Toda a produção chega a cerca de 40 mil lojas em toda a Europa e ainda tem presença na Tanzânia e em Israel.
A empresa tem uma política bem definida, que assenta na ideia de que o processo que tem nas explorações não se extingue no momento da venda, mas que tem continuidade quando passa a integrar outro cenário e fica ao cuidado de cada uma das famílias que escolheu as suas plantas.
Paul van der Salm confiou os destinos da empresa em Portugal a Robert Vijftigschild, que se mudou para Portugal com a esposa há sete anos, e que não duvida que esta foi uma das melhores decisões da sua vida, não pensando, para já, regressar ao seu país de origem. O responsável não tem dúvidas de que a palavra “família” é a que melhor define o ambiente que se vive na empresa. Sublinha que é essencial existir uma cultura de trabalho positivo para que os colaboradores se sintam comprometidos e motivados e ajudem a alcançar o objectivo final: conseguir que a Salm Portugal cresça de forma sustentável garantindo sempre uma preocupação com o meio ambiente.
O investimento em inovação e máquinas de última geração tem sido uma das grandes apostas da Salm Portugal. Para os administradores é essencial investir permanentemente em soluções inovadoras, quer sejam do espectro meramente operacional, quer se enquadrem num âmbito mais ambicioso do ponto de vista tecnológico. No entanto, salientam que a principal razão do sucesso da empresa continuam a ser as pessoas. A formação do pessoal é um dos aspectos mais relevantes da empresa e as condições são atractivas, havendo a oportunidade de trabalhar num ambiente saudável e competitivo com oportunidades de crescimento dentro do grupo, principalmente na Holanda.

Uma empresa que se renova todos os anos

A Salm Portugal é uma empresa que tem crescido de ano para ano de forma sustentável, ultrapassando os 12 milhões de euros em receitas no ano de 2021. A empresa aumentou em cerca de 20% o volume de facturação nos últimos três anos. Foi um aumento, segundo Robert Vijftigschild, que reflecte a confiança dos clientes na qualidade do produto e na relação de proximidade que mantêm com a empresa.
Com mais de 70 trabalhadores fixos, a Salm Portugal chega a dar emprego a mais de 120 pessoas durante a temporada alta, que vai do início de Março até meados de Junho. No global, a Salm dá emprego a mais de 600 pessoas. O administrador Paul Van der Salm e o director-geral Robert Vijftigschild procuram sempre a melhoria das operações e dos resultados no dia-a-dia. A Salm Portugal tem feito grandes avanços e o sucesso deve-se, em grande parte, aos seus colaboradores.
O recrutamento acontece praticamente o ano todo, seja por indicação de algumas agências locais de trabalho temporário com quem a empresa tem parcerias, seja por indicação de familiares e colegas de trabalho tanto em Portugal como na Holanda. A empresa faz a renovação da sua equipa de forma recorrente, abrindo candidaturas para operadores qualificados, trabalhadores de estufa e campo, mecânicos, engenheiros mecânicos para a parte de robótica, engenheiros agrónomos, canalizadores e serralheiros.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Médio Tejo
    Edição nº 1587
    01-09-2021
    Capa Vale Tejo