O MIRANTE | 27-11-2022 21:00

Ser empresária é uma aventura que se escreve todos os dias

Ser empresária é uma aventura que se escreve todos os dias
GALARDÃO EMPRESA DO ANO
Elsa Rodrigues defende que os micro-empresários são determinantes no tecido económico nacional

Elsa Rodrigues tornou-se empresária depois de a empresa multinacional onde trabalhava ter fechado a actividade em Portugal.

Era gestora de produto na Hasbro e tinha a seu cargo jogos de tabuleiro como o Monopólio ou o Trivial Pursuit. Resolveu arriscar e associou-se à Prink, uma marca líder na Europa na venda e recarga especializada de tinteiros, toners e venda de papel para todo o tipo de impressoras. Desde 2013 que trabalha para manter a loja da área do comércio tradicional em Alverca do Ribatejo em crescimento, numa cidade onde se sente a enorme concorrência das grandes superfícies.

A empresária, que vive na Póvoa de Santa Iria, está satisfeita com a opção de se tornar franchisada da Prink e tem procurado diversificar o negócio na loja situada num local privilegiado da Avenida Infante Dom Pedro, também conhecida por rua da estação. Actualmente alargou a actividade para outros serviços, como a venda de acessórios para telefones, colocação de películas protectoras nos telefones, venda de impressoras e assistência informática a computadores, tablets, telefones e consolas. É também um ponto de entrega oficial DHL e agora começou a disponibilizar a nova linha Prink Office, dedicada ao material de escritório a preços imbatíveis.
Foi a primeira vez que se dedicou a um negócio numa área que conhecia mas onde nunca se tinha imaginado a trabalhar. Garante que não se arrepende da opção que tomou e tem orgulho em provar que tinha razão quando duvidaram que conseguiria vingar no mundo empresarial. O objectivo de Elsa Rodrigues, sócia-gerente da empresa, é manter a facturação a crescer de forma sustentada, como tem feito até agora. Na empresa é uma espécie de mulher dos sete ofícios. Faz atendimento ao público, contabilidade, vendas e até limpeza, se for necessário. Não tem medo do trabalho, mas quando não está conseguir dar conta de tudo conta com a ajuda do marido e do pai.
É uma pessoa não dá um passo maior do que a perna e gosta de ter as contas bem organizadas. Considera que a ponderação, foco e persistência devem ser os valores fundamentais de um empresário. Motiva-a todos os dias saber que está a ajudar a comunidade a resolver os seus problemas, seja numa encomenda que está a chegar ou num tinteiro que não está a imprimir o trabalho da escola, por exemplo. Elsa Rodrigues dorme com a empresa e admite que por vezes o negócio lhe tira o sono.
Elsa Rodrigues considera que os micro-empresários são um exemplo no país porque são quem arregaça as mangas e cria negócios, mas sente bastante a falta de apoio do Estado, sobretudo ao nível do sistema fiscal. E diz que ser empresária é uma aventura que se escreve todos os dias e já passou por momentos assustadores, quando um incêndio na loja em Maio do ano passado quase deitou tudo a perder. A Prink de Alverca é a história de sucesso e superação de Elsa Rodrigues, de foco e persistência, porque desistir não lhe está no sangue.

Continuar a fazer crescer a facturação de forma sustentável

A Prink em Alverca do Ribatejo tem vindo a crescer ao nível da facturação anual, que está em cerca de 100 mil euros. O ano de 2020, mesmo num contexto difícil de pandemia, que afectou muitos sectores de actividade, foi um dos melhores de sempre para a empresa. A Prink de Alverca soma mais de três centenas de clientes habituais e um dos objectivo de Elsa Rodrigues, que é a única sócia-gerente da empresa e a única funcionária, é manter o volume de facturação e continuar a fazer a empresa crescer de forma sustentada.
A empresária Elsa Rodrigues tem conseguido aguentar o volume de trabalho e além de contar com a ajuda do pai e do marido, prevê que dentro de algum tempo venha a contratar um funcionário. Isto se o volume de vendas permitir, de forma sustentada, manter o colaborador. Desde os primeiros anos da loja que apostou numa forte comunicação usando O MIRANTE como plataforma para chegar aos seus clientes de proximidade e hoje a loja é um ponto central das vivências de Alverca.
A proximidade com a comunidade, os produtos de qualidade e os preços competitivos são as mais-valias que a empresária imprime na Prink Alverca. Elsa Rodrigues não tem dúvidas que um tinteiro de quatro euros não pode ser igual nem ter a mesma qualidade de um tinteiro da Prink. E afirmando-se pela qualidade, a loja tem tido cada vez mais empresas a recorrer aos seus serviços e a empresária acredita que essa procura irá crescer.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1597
    01-02-2023
    Capa Médio Tejo