O MIRANTE TV | 01-03-2024 22:39

Pedro Canavarro abre o livro da sua vida em documentário biográfico

Personalidade multifacetada, Pedro Canavarro fala sem assombros do seu passado, desde a homossexualidade à política, passando pela cultura, a família e a defesa do património. Sempre com Santarém como pano de fundo.

Um documentário produzido pelo Centro Tecnológico da Escola Superior de Educação de Santarém, em colaboração com a Casa-Museu Passos Canavarro e a Câmara de Santarém.

A vida de Pedro Canavarro deu um filme. Ou melhor, inspirou um documentário biográfico repartido por nove episódios que retratam outras tantas fases da vida do homem cosmopolita que acabou por retornar à apalaçada casa de família, em Santarém, quando, no início da década de 70, assumiu as suas tendências homossexuais e se divorciou, chocando familiares e amigos.

Esse foi um dos excertos do documentário divulgado na sessão de apresentação do projecto videográfico que decorreu no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, na manhã de 28 de Fevereiro. O filme é produzido e realizado pelo Centro Tecnológico da Escola Superior de Educação do Politécnico de Santarém, em colaboração com a Casa-Museu Passos Canavarro e a Câmara de Santarém.

Nas suas memórias registadas em vídeo, Pedro Canavarro, 86 anos, assume-se como um homem livre, que procurou fazer o seu caminho sem baias nem restrições, não olhando a convenções sociais rígidas dos tempos da sua juventude, passada num país que vivia em ditadura. Quando era um jovem estudante do primeiro ano de Direito em Lisboa, decidiu desistir do curso e seguir História, para desgosto dos seus pais. Na altura namorava com uma jovem de famílias ricas, que por vezes o levava de boleia para a faculdade no seu automóvel com motorista. Os pais de Pedro Canavarro já o viam advogado e bem casado e foram apanhados de surpresa. Tal como a jovem e abonada namorada. “Acabei com tudo, foi um Verão terrível!”, enfatizou, perante uma plateia quase repleta.

O documentário fala da sua infância, da importância das mulheres na sua vida, desde logo uma das avós que lhe ensinou a cultivar a auto-estima e a auto-confiança, da sua actividade ligada à defesa do património ou da sua paixão pelo Japão, onde foi professor quando era jovem. A política não podia estar alheada do enredo e Canavarro conta como foi parar a deputado no Parlamento Europeu, entre 1989 e 1991 pelo Partido Socialista e entre 1991 e 1994 pelo Partidor Renovador Democrático (PRD), de que foi líder e que já então começava a definhar rumo à extinção.

“De Pedro as Memórias” é um documentário biográfico em que Pedro Canavarro, nascido em 9 de Maio de 1937 em Santarém no seio de uma família aristocrática, desfia na primeira pessoa factos relevantes da sua vida. Nos dias 13, 14, 20 e 21 de Março e 3 de Abril vão ser exibidos na íntegra os nove episódios no Teatro Taborda do Círculo Cultural Scalabitano, em Santarém.

Mais Notícias

    A carregar...
    Logo: Mirante TV
    mais vídeos
    mais fotogalerias

    Edição Semanal

    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Vale Tejo
    Edição nº 1660
    17-04-2024
    Capa Lezíria/Médio Tejo