uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

Nersant pede mais apoios para as empresas no próximo QREN

Edição de 19.06.2013 | Economia
A presidente da Nersant, Maria Salomé Rafael, espera que no âmbito do novo quadro de apoio comunitário 2014 - 2020 exista um maior apoio às empresas. O apelo foi lançado na cerimónia Fórum EmpreEscola, que contou com a presença do ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro, na quarta-feira, 12 de Junho, no CNEMA, em Santarém. Maria Salomé Rafael chamou a atenção do ministro para que no âmbito do novo quadro comunitário de apoio 2014 _ 2020 exista um maior apoio às empresas e que as associações empresariais como a Nersant tenham um “apelo dinamizador da economia através da valorização de projectos para o tecido empresarial”. Também referiu não existir justificação para que as empresas tenham de esperar mais de um ano pela liquidação dos pedidos de pagamento dos projectos que foram aprovados. “É indispensável a simplificação de processos e procedimentos. Muitas empresas estão a evitar fazer investimentos com as candidaturas aprovadas porque os acasos no reembolso das verbas está a criar-lhes graves problemas de tesouraria”, acrescentou. Maria Salomé Rafael deixou ainda a sugestão de se “contratualizar entidades externas na análise dos pedidos de pagamento para que os prazos sejam cumpridos”. Em resposta, o ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional referiu que em relação ao próximo quadro de apoio comunitário a prioridade será o “reforço da competitividade da economia”. Sobre os pagamentos, acrescentou que se está a realizar um “esforço muito grande no sentido de agilizar o processo e que tinha solicitado que fossem identificadas as situações que possam estar a provocar “estrangulamentos”.

Mais Notícias

    A carregar...