uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante
O futebol renasceu na Bemposta

O futebol renasceu na Bemposta

Antigos atletas e dirigentes decidiram avançar com um novo clube

Edição de 27.04.2016 | Desporto

Chama-se Bemposta Futebol Clube, nasceu há um ano e veio trazer de volta, oito anos depois, a “febre da bola” aos domingos à tarde na freguesia da Bemposta, concelho de Abrantes. O clube nasceu pelas mãos de antigos atletas, dirigentes e amigos depois do antigo Grupo Desportivo da Bemposta ter caído na inactividade.
Foi a saudade de ver a bola a rolar novamente no Parque Desportivo Eduardo Soares Mendes e de ouvir o nome da Bemposta nos altifalantes dos campos de futebol, que motivou pessoas como Hélder Herrero, antigo atleta e actual presidente, a avançar com o novo projecto.
Apesar de terem tentado, não foi possível reactivar e recuperar o antigo Grupo Desportivo devido à situação financeira complicada em que se encontra. Por isso decidiram avançar com um novo clube, que disputa actualmente o campeonato do Inatel. Começaram praticamente do zero, não só por criarem um novo clube mas também relativamente às instalações. O parque desportivo esteve oito anos sem actividade e já se encontrava bastante degradado. “Nem um banco de suplentes tínhamos”, exemplificado Hélder Herrero.
Para conseguir arrancar com este projecto muito do dinheiro despendido saiu do bolso de cada um. Depois foi preciso procurar mais apoios junto das pessoas certas. O grupo, apesar das dificuldades encontradas, nunca desistiu de lutar para erguer o novo clube. Apesar de algumas reticências iniciais, a população tem-se unido cada vez mais à volta do clube e vai aparecendo e apoiando cada vez mais. “Nós sabemos que mexe, nós vemos que aos domingos temos cada vez mais gente”, diz o presidente.
A jovem direcção vai contando com outras pessoas que a vão apoiando em todo o processo. Hélder Herrero destaca a preciosa ajuda e dedicação do seu roupeiro João Courela ou a motivação dada por aquele que o presidente destaca como uma referência para todos os jogadores e população que gosta de futebol na Bemposta: Manuel Varela “Pota”, antigo jogador do Grupo Desportivo.
Com o parque desportivo cada vez mais degradado, foi necessário proceder a obras que foram realizadas pela junta de freguesia com o apoio da Câmara Municipal de Abrantes. Hélder Herrero considera que as condições criadas são boas, com a construção dos novos balneários. Continuar a melhorar as infraestruturas, com a criação de um novo bar, a criação de bancadas e um local para uma nova sede é um dos objectivos desta direcção.
O Bemposta Futebol Clube ainda está a crescer. Tem cerca de 100 sócios, um número que a direcção gostava de ver crescer. Hélder Herrero diz ainda ser preciso mais algum apoio fora de campo, isto porque a maioria dos dirigentes está dentro do campo a jogar.

Atletas e dirigentes por amor à camisola
A maioria dos atletas é da freguesia e pertence também aos órgãos sociais do clube. Muitos tinham jogado pelo antigo Grupo Desportivo e não tiveram dúvidas quando os convidaram a envergar novamente a camisola da Bemposta. João Oliveira, 32 anos, é o actual sub-capitão. Deu os primeiros passos no futebol nas camadas jovens do antigo clube e quando convidado não hesitou. “É um orgulho representar este clube”, refere.
Nélson Marques, mais conhecido no mundo do futebol como “calor”, é o técnico do clube. Também ex-atleta do antigo GDB, diz que o seu trabalho ali “é fácil pois gostamos do clube, quase todos nascemos aqui para o futebol e é o regresso a uma casa que todos conhecemos”. O clube não tem pretensões para já de regressar aos campeonatos distritais mas Hélder Herrero não descarta essa hipótese daqui por uns anos.
Na Bemposta o futebol não regressou só para os homens, há meninas também a fazer rolar a bola no parque desportivo. Foi esporadicamente que algumas raparigas, se juntaram no campo de futebol e começaram a jogar recreativamente. A direcção ficou surpreendida mas tem a apoiado as meninas no que elas têm precisado.
Para já o objectivo é manter o clube no Inatel. Com um novo centro escolar ao lado do campo de futebol, Hélder Herrero vê ali uma oportunidade para fazer crescer o futebol na terra através da formação. Um objectivo a concretizar para que o nome da Bemposta continue a ser ouvido por muitos anos nos campos da região.

O futebol renasceu na Bemposta

Mais Notícias

    A carregar...