uma parceria com o Jornal Expresso

Edição Diária >

Edição Semanal >

Assine O Mirante e receba o jornal em casa
31 anos do jornal o Mirante

“Os meus dois petiscos favoritos são caracóis e tripas grelhadas com sal e azeite”

Sílvia Sousa, gerente da imobiliária Casas do Gótico - Century 21 de Santarém. Sílvia Sousa é natural de Caxarias, concelho de Ourém mas vive em Santarém desde os dez anos de idade. É gerente da imobiliária Casas do Gótico, franchising da Century 21, em Santarém. É responsável pela loja da capital do distrito e pelas lojas de Almeirim e Torres Novas. Quando estudava era aluna média. A disciplina que mais detestava era História.Os seus dois petiscos favoritos são caracóis e tripas grelhadas com sal e azeite.

Edição de 06.07.2016 | Três Dimensões

Não me lembro de, em criança, ter o desejo de ser isto ou aquilo. Só na adolescência é que comecei a gostar da parte da área da gestão e da economia. Os meus pais nunca me tentaram influenciar. Apenas queriam que eu estudasse. Licenciei-me em marketing e gestão de empresas no Politécnico de Santarém.
A minha mãe era cabeleireira e cheguei a ajudá-la algumas vezes. Ela faleceu há sete anos. O meu pai era técnico de informática na Segurança Social. Está a viver no Pedrógão e continuamos a ter uma relação que é raro existir hoje em dia. Foi por causa do trabalho dele que a família veio de Ourém para Santarém. Na altura em tinha dez anos. Sempre tive uma relação muito próxima com os meus pais.
Nunca fui excelente aluna. Fiz tudo à base de muito trabalho. Mas naquilo que me interessava era boa. Ainda agora é assim. A disciplina a que eu era completamente alérgica era história. Então para datas e nomes de reis era uma desgraça. Ainda hoje é um problema fixar nomes de pessoas.
Estive oito anos numa empresa de construção civil em Almeirim onde era contabilista. Um dia decidi mudar de ares e fui trabalhar para Leiria. Ao fim de um mês vim para Santarém. Aqui comecei por fazer a gestão de processos bancários mas acabei por fazer um curso de mediação e fiquei como gerente da empresa Century 21 Casas do Gótico. Foi há dez anos. Agora dirijo a equipa de comerciais seniores. Acabei por me adaptar bem. Hoje acho que já não conseguiria viver sem a parte comercial diária, faz parte de mim. Há um ano que temos lojas em Almeirim e Torres Novas. No total dirijo 40 pessoas.
Nunca fui grande adepta de desporto embora perceba que é necessário e que nos faz bem. Tenho uma vida muito agitada e esta profissão traz muito stress. O problema é falta de tempo e a falta de criação de hábito. Nunca me inscrevi em nenhuma associação.
Não tenho um filme favorito, apesar de adorar filmes. Nos tempos livres gosto de estar com a família e com os amigos. Costumo viajar, embora nos últimos três anos não o tenha feito. Já visitei muitos países da europa. Gosto muito de destinos com praia, mas também não fico uma semana só na praia. Gosto de conhecer aquilo que não mostram aos turistas, a cultura e as pessoas, como fiz na Tunísia e gostava muito de ir a Angola.
Continuo a sentir algumas diferenças entre Ourém e Santarém. Aqui é mais urbano e lá é mais campo mas já me adaptei. Acho que Santarém podia ter mais dinâmica económica, turística e cultural. Penso que o turismo é a base fundamental para Portugal. Santarém ganharia se apostasse mais neste campo.
Os meus dois petiscos favoritos são caracóis e tripas grelhadas com sal e azeite. Quando era mais nova adorava bacalhau com natas. Adoro saladas e peixe grelhado. Detesto cabrito e borrego. Gostava de conseguir ter mais tempo para mim mas gosto muito do que faço.

Mais Notícias

    A carregar...